Heitor e os Bastardos de João
Crédito: divulgação

Depois do lançamento do álbum A volta dos que não foram em 2021, que marcou o fim de um hiato de seis anos, o projeto Heitor Luz & os Bastardos de João está de volta com o single “O Jornalista”.

O título da canção homenageia a classe dos trabalhadores da imprensa e a música, inclusive, foi liberada logo após o Dia do Jornalista, comemorado no Brasil em 7 de Abril.

Além de Heitor Luz (violão, guitarra e vocais), o duo é formado por Pietro Cruzetta (guitarra, baixo e vocais).

Imitáveis

Imitáveis
foto: reprodução

A Imitáveis lançou recentemente no YouTube o terceiro episódio do documentário Imitáveis pelo Mato Grosso, que apresenta os bastidores do show da banda em Cuiabá, Nova Mutum e Primavera do Leste.

O registro audiovisual, feito com o apoio da Secretaria de Cultura e Estado de Mato Grosso, também mostra entrevistas com os grupos cuiabanos Maoa e Lynhas de Montagem.

“O documentário apresenta a banda do jeitinho que ela é. Desde os perrengues da estrada até melhor parte de todas: estar no palco,” afirma a Imitáveis, formada por André Dorileo, Dennis Rodrigues, Diego Chenson e Jhony Trancoso.

Teco Martins

Teco Martins
foto: divulgação

O músico Teco Martins divulgou nos serviços de streaming o clipe da canção “Plante A Sua Comida!”, que estará presente no autobiográfico e multicolorido álbum A Spectrum Solar.

A sonoridade faz referência a nomes como Elomar, Vital Farias, Xangai, Geraldo Azevedo e Tião Carreiro, e a música ganhou um clipe com artes gráficas inspiradas nos quadrinhos da Turma da Mônica.

“Produzi esse som com três produtores: Coji e Gustavo, ambos bem mais jovens que eu, produtores de música eletrônica que já viajaram o planeta tocando em festivais High-Tech (Israel, Índia, Europa, EUA, por exemplo) e pedi pra eles que fizessem uma batida contemporânea e popular. O Coji, que é nordestino, sugeriu a “Bregadeira”, uma espécie de filha mais nova do Tecnobrega, mais acelerada e com mais viradas percussivas. Eu adorei! Já o terceiro produtor é o renomado Guilherme Chiappetta, que por sua vez é mais velho do que eu e vem de uma escola bem mais erudita. É formado em faculdade de música e trouxe músicos de altíssimo gabarito para endossar esse som. O resultado é a ponte entre um ritmo popular hiper contemporâneo com instrumentação de músicos muito experientes, mestres casca-grossa, que vem do jazz e da música instrumental virtuosa,” explica Teco.

Confira a seguir!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!