Ozzy Osbourne e Taylor Hawkins
Fotos via Reprodução/Instagram e Shutterstock

Recentemente, Ozzy Osbourne compartilhou novidades sobre o disco sucessor de Ordinary Man, seu aclamado álbum de 2020, que terá baterias do lendário e saudoso Taylor Hawkins.

Talvez você não se lembre, mas a gente refresca sua memória: em Dezembro de 2020, o produtor Andrew Watt revelou que o já saudoso baterista do Foo Fighters tocou em diversas faixas do disco, que também contará com outros astros do Rock como Chad Smith, do Red Hot Chili Peppers.

Na época, Watt contou à Guitar World (via Blabbermouth):

Há várias pessoas envolvidas. Não posso dizer com certeza até o final, mas eu comecei a fazer algumas faixas básicas com o Chad e o Robert Trujillo [do Metallica], que costumava tocar na banda do Ozzy. E o Taylor Hawkins também veio e tocou bastante no disco, o que adiciona uma pegada diferente — meio que lembra a era anos 80 do Ozzy, de uma ótima forma. E eu acho que é tão legal que um fã de Rock possa ouvir um disco em que metade tem o Chad Smith na bateria, e aí você vira o lado e você ouve o Taylor Hawkins.

E sabe, o último álbum foi realmente bastante especial para todos os envolvidos. Então não havia sentido eu e o Ozzy fazermos isso novamente a não ser que pensássemos que poderíamos trazer algo novo à mesa. E sinto que estamos conseguindo isso.

Em tempo, o lendário músico revelou através de sua conta do Instagram que seu próximo trabalho já está finalizado e que outras informações serão divulgadas “nas próximas semanas”.

Vale lembrar ainda que o disco do líder do Black Sabbath estava previsto para chegar no primeiro semestre deste ano, de acordo com um balanço financeiro divulgado pela Sony no final do ano passado. Saiba mais aqui.

Novo disco de Ozzy Osbourne com Taylor Hawkins

O anúncio de Ozzy chega após Chad Smith, que tocou no último disco do roqueiro, ter confirmado no mês passado a sua participação e a de outros artistas no novo álbum de Osbourne.

Durante sua aparição no podcast Talk Is Jericho (via Blabbermouth), Chad apontou:

Fizemos outro [álbum do Ozzy] e será masterizado amanhã. Nós temos Robert Trujillo [do Metallica], que esteve na banda de Ozzy, tocando em algumas músicas. Duff [McKagan, baixista do Guns N’ Roses] em algumas novamente. Eu e Andrew Watt [produtor e guitarrista] estamos fazendo isso.

Em seguida, ele falou sobre “a realeza inglesa dos guitarristas” que foi recrutada para participar do novo álbum de Ozzy Osbourne:

Tony Iommi e Ozzy nunca colaboraram fora do Black Sabbath [Nota: os dois já colaboraram no disco solo de Tony]. Tony nos enviou um monte de riffs e pegamos o que achamos ser o melhor deles, o que foi ótimo. Então [Andrew] está no baixo indo muito bem — o baixo na música é incrível. […] Tem todas as coisas que você gostaria. Ozzy adora isso.

Temos ainda Eric Clapton mandando um fantástico solo recheado de wah-wah tipo na época do Cream, e temos Jeff Beck em duas músicas. Tentamos trazer Jimmy Page [Led Zeppelin], no que seria a Santíssima Trindade, mas acho que Page não toca mais com tanta frequência, infelizmente.

Chad Smith também revelou que o novo disco conta ainda com Mike McCready, guitarrista do Pearl Jam; Josh Homme do Queen Of The Stone Age, e Zakk Wylde, do Black Label Society, que está em todas as faixas do álbum para relembrar os tempos de ouro em que tocava com a banda de Ozzy.

Sem dúvidas, o disco será uma importante parte do legado deixado pelo aclamado Hawkins, que faleceu no último dia 25 de Março, e de todas essas outras grandes lendas. Aguardamos ansiosamente!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!