Sum 41
Foto: Divulgação

Ao participar do The Jasta Show nesta semana, o vocalista do Sum 41, Deryck Whibley, respondeu se aceitaria assumir o lugar ocupado pelo saudoso Chester Bennington no Linkin Park.

A pergunta pode parecer aleatória, mas tem fundamento: em 2018, Whibley, durante show de sua banda no festival de Reading e Leeds, convidou Mike Shinoda ao palco para cantar “Faint”.

A faixa presente no disco Meteora, lançado pelo grupo de Nu Metal em 2003, contagiou os fãs que estavam no evento e a parceria repercutiu positivamente. Mas, apesar do sucesso da empreitada, Deryck afirmou que substituir Bennington no LP seria uma ideia inviável:

Acho que essa é uma tarefa impossível; esse é um lugar impossível de se ocupar. Nem sei se algum dia eles vão fazer algo [sobre isso]. Não faço ideia de como isso seria ou de quem poderia ser [o novo vocalista].

Insistente, o apresentador Jamey Jasta pareceu não estar convencido e declarou que o estilo de cantar de Deryck cairia como uma luva no Linkin Park:

Vou aceitar o elogio, mas não sei se faria isso. Não sei se concordo com você. Isso é tão improvável que me parece até estranho pensar nisso, mesmo que seja de brincadeira. Eu não sei. Não sei como alguém poderia assumir esse lugar. Acho que seria difícil.

A gente entende, né?

Chester Bennington

Chester Bennington faleceu em Julho de 2017, aos 41 anos. Desde então, o Linkin Park não lançou material inédito, mantendo One More Light, que saiu dois meses antes da morte do vocalista, como seu último disco.

Confira a seguir a performance de “Faint” e também a entrevista de Deryck no The Jasta Show!

LEIA TAMBÉM: No dia do aniversário de Chester Bennington, “Numb”, do Linkin Park, chega a 1 bilhão de plays no Spotify

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar