Anitta alcança Top 5 do Spotify Global com
Reprodução / YouTube

O hit “Envolver”, de Anitta, se tornou um verdadeiro fenômeno mundial.

Na última semana, a faixa solo lançada pela cantora em Novembro do ano passado alcançou a 25ª posição no Top 50 Global do Spotify e agora, menos de uma semana depois, a música já conquistou o 5º lugar da parada.

Se tornando a primeira artista brasileira a aparecer no Top 5 do Spotify Global, Anitta aponta ao Extra que não se trata de sorte para conseguir o feito inédito. Ela explicou a estratégia:

Existe, sim, uma inteligência por trás. Cada lançamento tem sua estratégia. Com ‘Envolver’ não foi diferente. Foi feito muito investimento de tempo em criação, divulgação, planos de marketing… Fico muito feliz que o resultado esteja sendo colhido.

Aliás, a música, escrita pela própria Anitta em parceria com os colegas hispano-americanos Julio M. Gonzales Tavarez, Freddy Montalvo e José Carlos Cruz, não teria sido lançada se a cantora não insistisse.

Segundo a artista, a Warner Records, gravadora responsável pela obra, resistiu em levar a letra para os estúdios pois, segundo ela, “disseram que a música não iria a lugar nenhum e que eu não teria forças para lançar isso sozinha”.

Anitta e o sucesso de “Envolver”

A faixa, que deve integrar o próximo disco de Anitta, Girl From Rio, é neste momento a música latina mais ouvida no mundo no Spotify com 2,843 milhões de streams, sendo que mais da metade dos ouvintes estão no exterior.

Como falamos anteriormente, além da música viralizar entre os fãs da cantora, a repercussão impressionante de “Envolver” foi potencializada por um desafio chamado “el paso de Anitta”, onde pessoas de todos os países imitam a coreografia realizada pela brasileira no clipe da canção. Sobre o sucesso do single, Anitta declarou:

Tô curtindo demais esse momento. Ele é único para mim e para o nosso país. Fico extremamente grata aos meus fãs e a todos que estão ouvindo a música ‘Envolver’ fora do Brasil, de onde vem a maior parte dos plays.

Confesso que todos os vídeos eu tenho adorado. Já vi (gente reproduzindo a coreografia) na rua, embaixo d’água, no mercado, em flashmobs… É muito divertido! Continuem, por favor!

O CEO da União Brasileira de Compositores (UBC), Marcelo Castello Branco, que integrou o conselho diretivo do Grammy Latino e participou do desenvolvimento das carreiras de nomes como Caetano Veloso, Ivete Sangalo e Marisa Monte, aponta que o retorno de “Envolver” não é o resultado de apenas uma música, mas sim “consequência” de um trabalho de longo prazo:

É a consequência de um trabalho feito há cinco anos. Geralmente, o artista brasileiro acredita que fazer sucesso no exterior é realizar uma turnê lá fora para a comunidade brasileira. Esse exemplo a gente já viu várias vezes.

Com um trabalho consistente, Anitta foi além e quis entender onde estava pisando, investindo tempo e conhecimento nisso, além da construção de redes. Nos meus quase 40 anos de carreira, nunca vi alguém se jogar dessa maneira. Anitta é a primeira superstar brasileira global da era das redes sociais, uma Carmen Miranda digital.

Neste momento, no Spotify Global, “Envolver” está atrás apenas de “Heat Waves”, do Glass Animals, “Stay”, de The Kid LAROI e Justin Bieber, “Enemy”, de Imagine Dragons e JID e “abcdefu”, de GAYLE. No ranking nacional, o hit ocupa o primeiro lugar.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar