The Dead Weather
Foto: Divulgação

Volta e meia somos agraciados com novos projetos de músicos consagrados que resolvem se unir.

Seja por momentos de criatividade, ócio e/ou até mesmo atritos com as bandas originais, a história está repleta de casos onde gigantes respiraram novos ares e acabaram apresentando canções colaborativas bastante interessantes.

É aí que nascem os supergrupos, e hoje nós listamos 15 deles por aqui, indo do Indie à Música Country, para que você conheça grandes nomes da história da música.

Divirta-se!

 

The Smile

The Smile, banda de Thom Yorke e Jonny Greenwood (Radiohead)
Crédito: Alex Lake

Em 2021, Thom Yorke e Jonny Greenwood, ambos do aclamado Radiohead, resolveram lançar um novo projeto chamado The Smile.

Trata-se de um trio ao lado de Tom Skinner (Sons Of Kemet), onde eles abordam sonoridades diferentes do que vinham fazendo em seus últimos lançamentos.

Aqui, há muito Punk, Pós Punk, Rock Alternativo e uma expectativa imensa pelo primeiro álbum do grupo, que ainda não foi anunciado.

 

Earthlings

Eddie Vedder - "Earthling"

Eddie Vedder, líder do Pearl Jam, resolveu reunir um time estrelado para seu disco de estúdio mais recente, o ótimo Earthling.

Para gravá-lo, ele contou com ninguém menos que Chad Smith (Red Hot Chili Peppers) na bateria, Josh Klinghoffer (ex RHCP) na guitarra e o produtor Andrew Watt em diversos instrumentos do álbum. Com essa trupe, ele caiu na estrada ao batizar a banda de “Earthlings”.

Como se não fosse suficiente, o disco ainda tem participações especiais de Ringo Starr, Elton John e Stevie Wonder.

 

The Damned Things

Nova formação do The Damned Things

O pesado The Damned Things conta com os integrantes Scott Ian (Anthrax), Keith Buckley (Every Time I Die) e a improvável presença dos pop-punkers Joe Trohman e Andy Hurley, do Fall Out Boy.

A formação atual ainda conta com Dan Andriano, baixista da banda de punk rock Alkaline Trio, e o disco mais recente da banda que mistura Heavy Metal, Hard Rock, Post-Hardcore e mais, intitulado High Crimes, saiu em 2019.

 

SuperHeavy

SuperHeavy em estúdio

Em 2011 o SuperHeavy lançou seu primeiro e único disco, homônimo, e o álbum reuniu ninguém mais, ninguém menos que Mick Jagger (The Rolling Stones), Joss Stone, Dave Stewart (Eurythmics), A.R. Rahman e Damian Marley.

O principal single do trabalho foi a canção “Miracle Worker”.

Desde então, o grupo encerrou as atividades.

 

Little Joy

Little Joy

Queridinho dos indies, o Little Joy reuniu Rodrigo Amarante (Los Hermanos), Fabrizio Moretti (The Strokes) e Binki Shapiro.

O primeiro e único disco da banda, homônimo, foi lançado em 2008.

 

Crosses

Crosses, de Chino Moreno

Com três cruzes como nome oficial, o Crosses é um projeto formado em 2011 que mistura elementos interessantíssimos em sua sonoridade.

Com vocais de Chino Moreno (Deftones), o trio ainda é formado por Shaun Lopez, guitarrista do mega influente Far, e pelo baixista Chuck Doom.

Aqui, as misturas de rock alternativo, indie, emo e música eletrônica ficam evidentes em vídeos pra lá de enigmáticos, e a atmosfera criada pela banda é difícil de se replicar por aí.

O único disco da banda lançado até hoje saiu em 2014 com canções de EPs anteriores, mas o Crosses tem se movimentado bastante e recentemente lançou os singles “INITIATION” e “PROTECTION”.

 

Me First And The Gimme Gimmes

Me First And The Gimme Gimmes

O supergrupo de covers formado por Fat Mike (NOFX), Joey Cape (Lagwagon), Dave Raun (Lagwagon) e Spike Slawson ($wingin’ Utter$), tem diversos discos de estúdio, ao vivo e EPs onde celebra canções de diferentes eras da música.

Fazendo álbuns temáticos com canções country, hinos dos Anos 90, trilhas de musicais, e até shows gravados em Bar Mitzvah, todas ao estilo hardcore, o Gimme Gimmes é um supergrupo que faz covers como ninguém e já contou com Chris Shiflett (Foo Fighters) na sua formação. Hoje em dia ele até aparece em gravações da banda, mas raramente excursiona para os shows.

 

OFF!

OFF!

OFF! é um quarteto punk formado por Keith Morris (Circle Jerks, Black Flag), Dimitri Coats (Burning Brides), Steven Shane McDonald (Redd Kross) e Mario Rubalcaba (Rocket From The Crypt, Hot Snakes) que fez muito barulho com seu punk/hardcore de primeira a ponto de um boné com seu logotipo ir parar na cabeça de Anthony Kiedis, vocalista do Red Hot Chili Peppers, em dezenas de shows da banda.

A banda lançou dois discos, um homônimo em 2012 e Wasted Years em 2014, e as artes ficaram por conta de Raymond Pettibon, conhecido por capas lendárias de clássicos do Black Flag e também pelo design de One By One, do Foo Fighters.

 

Transplants

Transplants

Punk Rock e Hip Hop se encontram de maneira incrível nos lançamentos do Transplants.

A banda começou suas atividades em 1999, por ideia de Tim Armstrong (Rancid, Operation Ivy), que junto ao rapper Skinhead Rob começou a brincar com alguns sons em que vinha trabalhando mas que não se encaixavam com o estilo dos álbuns do Rancid, já que apontavam mais para o Rap.

Quando a coisa começou a ficar séria, Tim e Rob viram que precisavam chamar um baterista, e o fizeram com um dos maiores nomes do instrumento daquela época: Travis Barker, do Blink-182. Isso aconteceu em 2002, ano que a banda lançou seu primeiro disco de estúdio, homônimo, que conta com participações dos outros integrantes do Rancid, além de Davey Havok (AFI), Brody Dalle (The Distillers) e mais.

Em 2005 veio Haunted Cities, segundo disco de estúdio da banda, e o terceiro, In A Warzone, saiu em 2013.

 

Temple of The Dog

Temple Of The Dog (Pearl Jam, Soundgarden)

O Temple of the Dog foi formado em tributo ao vocalista do Mother Love Bone, Andrew Wood, que faleceu após uma overdose de heroína em 1990. A banda foi formada por Stone Gossard (Ex-Mother Love Bone, Pearl Jam), Mike McCready (Pearl Jam), Jeff Ament (Ex-Mother Love Bone, Pearl Jam), Chris Cornell (Soundgarden), Matt Cameron (Soundgarden) e Eddie Vedder (Pearl Jam).

O nome “Temple of the Dog” saiu de uma das músicas de Andrew, “Man of Golden Words”. A banda lançou apenas um álbum homônimo e teve seu show derradeiro na edição de 1992 do festival Lollapalooza.

 

The Highwaymen

The Highwaymen

Em 1985 os figurões Johnny Cash, Willie Nelson, Kris Kristofferson e Waylon Jennings se reuniram para formar o The Highwaymen, supergrupo de Música Country que durou 10 anos e lançou três discos de estúdio nesse período.

Highwayman, Highwayman 2 e The Road Goes On Forever foram todos lançados por grandes gravadoras e o primeiro single do primeiro disco, que apropriadamente se chama “Highwayman” mas é curiosamente uma cover de Jimmy Webb, chegou ao topo das paradas de música Country nos Estados Unidos.

Em 2010 a Columbia Records lançou uma coletânea da banda chamada The Essential Highwaymen.

 

The Dead Weather

The Dead Weather
Foto: Divulgação

O grupo é formado pela vocalista do The Kills, Alison Mosshart, Jack Lawrence (Raconteurs), Dean Fertita (Queens of The Stone Age) e o gigante Jack White, que alterna momentos entre guitarra, vocais e bateria.

Com uma mistura mais que interessante de rock alternativo, garage rock e blues, a banda já coleciona três grandes discos, Horehound (2009), Sea of Cowards (2010) e Dodge And Burn (2015).

 

A Perfect Circle

A Perfect Circle 2018
Foto: Divulgação

O genial A Perfect Circle foi fundado em 1999 pelo guitarrista Billy Howerdel e o vocalista Maynard James Keenan, conhecido pelo seu trabalho no influente TOOL.

A primeira formação ainda contou com a baixista Paz Lenchantin, o guitarrista Troy Van Leeuwen (Queens Of The Stone Age) e o baterista Tim Alexander (Primus).

Ainda passaram e/ou estão no line-up do grupo músicos como Josh Freese (Guns N’ Roses, DEVO, Paramore, Weezer, The Offspring), Danny Lohner (Nine Inch Nails), Twiggy Ramirez, James Iha (The Smashing Pumpkins) e mais.

Isso que é dream team, hein?

 

Velvet Revolver

Scott Weiland e Slash, do Velvet Revolver
Foto: Wikimedia Commons

O mundo do Hard Rock foi estremecido quando soubemos da criação do Velvet Revolver, um dos maiores supergrupos dos últimos tempos.

Em sua formação, estavam Slash e Duff McKagan, ambos do Guns N’ Roses, Matt Sorum, que também fez parte da banda de Axl Rose, Dave Kushner (Danzig, Jane’s Addiction) e o icônico Scott Weiland (Stone Temple Pilots).

Foram apenas dois discos, Contraband (2004) e Libertad (2007), mas os clipes e riffs icônicos fizeram do Velvet Revolver uma banda com vida própria, e não apenas um projeto paralelo.

O grupo chegou ao fim em 2008, seis anos após a fundação em 2002.

 

Them Crooked Vultures

Them Crooked Vultures

Chegamos ao final da lista com o supergrupo que uniu diferentes gerações e subgêneros do Rock And Roll e tem uma das menores durações em toda essa seleção.

O Them Crooked Vultures foi formado em 2009, lançou um disco no mesmo ano e acabou em 2010, deixando muita gente com saudades do trio que tinha Dave Grohl (Foo Fighters, Nirvana), John Paul Jones (Led Zeppelin) e Josh Homme (Queens Of The Stone Age).

O único álbum, homônimo, emplacou clássicos como “New Fang” e “Mind Eraser, No Chaser” e ainda conta com o talentoso Alain Johannes (PJ Harvey, Arctic Monkeys, QOTSA), que chegou a fazer shows com a banda.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!