Guns N' Roses na UnB
Reprodução/Phellip de Carvalho

Em 2014, o Guns N’ Roses fez o segundo show da sua carreira em Brasília e aproveitou a visita à capital federal para participar de um protesto.

Isso porque, enquanto Axl Rose provavelmente descansava e se escondia das câmeras, os músicos do grupo resolveram conhecer o local e passaram por pontos importantes da cidade, como o Templo da Boa Vontade e também a Universidade de Brasília.

Foi neste segundo local que eles acabaram dando de cara com vários alunos, os quais pediram a liberação dos artistas para que visitassem o Museu de Anatomia Humana da faculdade. De acordo com matéria do G1 da época, o grupo de estudantes estava fazendo um protesto e pediu o apoio do GN’R — algo que foi concedido.

A manifestação era pela manutenção das aulas práticas de anatomia no local, já que a universidade estava planejando suspendê-las devido à falta de pessoal. Por isso, os músicos aparecem em registros segurando cartazes com frases como “+ Técnicos de Anatomia” e “#AnatoJá” ao lado de uma professora da faculdade.

Guns N’ Roses participando de protesto estudantil em Brasília

Richard Fortus, Dizzy Reed, Chris Pitman e Frank Ferrer foram os músicos que visitaram a universidade e surpreenderam o estudante Phellip de Carvalho, que foi responsável pelos registros da passagem do grupo.

Na época cursando enfermagem aos 24 anos de idade, Phellip disse que achou “até esquisito” que os artistas apareceram por lá, já que “nem o pessoal [de Brasília] tem o costume de visitar, aí vem uma banda de grande porte como eles e ainda compraram nossa causa”.

A visita aconteceu um dia antes do show da banda, que levou milhares ao Ginásio Nilson Nelson no dia 25 de Março de 2014. Você pode relembrar o setlist da apresentação por aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar