The Weeknd no Lollapalooza Brasil 2017
The Weeknd no Lollapalooza Brasil 2017. Foto por Camila Cara e MRossi.

Depois de muita expectativa por conta da pandemia, a edição 2022 do Lollapalooza Brasil está confirmadíssima para os dias 25, 26 e 27 de Março no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

A gente não tem dúvida de que a ausência do festival nos últimos dois anos provocou uma saudade enorme no público e, por isso, o TMDQA! separou sete shows históricos que marcaram o evento.

Nossa lista traz desde a balada sombria do Nine Inch Nails, passando pelo carrossel de emoções do Alabama Shakes e indo até o vigor jovem do Twenty One Pilots. Confira a seleção que montamos a seguir!

Nine Inch Nails (2014)

Em 2014, o Nine Inch Nails transformou o palco principal do Lollapalooza Brasil em uma espécie de balada sombria. O grupo liderado por Trent Reznor realizou um show sensacional que agradou até mesmo quem não era fã de suas músicas.

O repertório da apresentação contou com canções famosas como “Wish”, que abriu o show, “Disappointed”, “The Hand That Feeds” e “Head Like a Hole”. Já na reta final da performance, o NIN executou uma linda versão de “Hurt”, composição de Reznor que ficou eternizada na voz do saudoso Johnny Cash.

A grande ausência no setlist foi o clássico “Closer”, mas a experiência dos fãs foi tão catártica que isso se tornou apenas um detalhe.

Lorde (2014)

Lorde cancela shows por causa de problemas de saúde

Também na edição de 2014, Lorde fez um show caótico (no bom sentido) no palco secundário do Lolla Brasil para 40 mil pessoas. A procura pela primeira apresentação da cantora neozelandesa no país foi tão grande que muita gente nem conseguiu adentrar a área do público e precisou acompanhar “de fora”.

Na época com 17 anos, Lorde divulgava seu então recém-lançado álbum de estreia Pure Heroine (2013). O repertório trouxe faixas hoje icônicas como “Royals”, “Tennis Court”, “Team” e “Glory and Gore”.

Skrillex (2015)

Skrillex no Lollapalooza Brasil

O show do Skrillex no Lollapalooza Brasil 2015 transformou o Palco Ônix em uma verdadeira pista de dança. A plateia parecia ter entrado em uma espécie de transe impulsionada por diferentes gêneros da música eletrônica, principalmente o dubstep.

Entretanto, o DJ e produtor americano não deixou de dar espaço ao Rap, Pop e outros ritmos para contagiar seu público.

Alabama Shakes (2016)

Alabama Shakes no Lollapalooza Brasil

Com um dos shows mais esperados da edição brasileira do Lolla em 2016, o Alabama Shakes subiu ao palco para realizar uma apresentação mais intimista, porém não menos impactante para seus fãs.

Com repertório que incluía 13 canções, Brittany Howard comandou o público mostrando seu vozeirão ao passear pelos álbuns Boys & Girls (2012) e Sound & Color (2015).

Músicas como “Rise to the Sun”, “Shoegaze”, “Be Mine”, “Hold On” e “Gimme All Your Love” prenderam a atenção da plateia, que pôde contemplar um dos grupos de Rock mais interessantes da atualidade.

The Weeknd (2017)

The Weeknd no Lollapalooza Brasil 2017
The Weeknd no Lollapalooza Brasil 2017. Foto por Camila Cara e MRossi.

Hoje, The Weeknd é um dos nomes mais cultuados do Pop, mas mesmo em 2017 o artista já era bastante conhecido e marcou presença no palco principal do Lolla Brasil. Na ocasião, a plateia foi ao delírio com vários hits que Abel Tesfaye escolheu para o repertório de seu show.

Além de dançar muito ao som de “Starboy”, “False Alarm”, “Wicked Games”, “The Morning”, “Can’t Feel My Face”, “I Feel It Coming” e “The Hills”, o público se surpreendeu com a aparição surpresa da então namorada de The Weeknd, Selena Gomez, no telão.

The Killers (2018)

Foto: Reprodução/Multishow

Em 2018, o The Killers voltou ao Lolla Brasil para divulgar seu mais recente álbum na época, Wonderful Wonderful (2017). A animação do vocalista Brandon Flowers durante o show foi digna de menção e a banda enlouqueceu a plateia com hits como “The Man”, “Somebody Told Me” e “Mr. Brightside”.

Já em “For Reasons Unknown”, o cantor chamou ao palco a apresentadora do Multishow Dedé Teicher para tocar bateria. Tudo começou, aliás, quando a moça levou um cartaz para o show pedindo pela oportunidade!

Mais para o final da apresentação, outra surpresa aconteceu durante “All These Things That I’ve Done”. Na execução da faixa, Liam Gallagher invadiu o palco e assustou o vocalista, que recebeu um abraço do ex-integrante do Oasis. Liam ainda se ajoelhou na frente de Brandon e saiu de fininho, ao som dos gritos da plateia.

Twenty One Pilots (2019)

Twenty One Pilots no Lollapalooza Brasil
Foto: Stephanie Hahne

O Twenty One Pilots retornou ao Lollapalooza Brasil em 2019 após chamar a atenção no mesmo evento três anos antes. A apresentação da dupla foi a mais concorrida do final de semana inteiro e o duo aguentou a pressão usando a simplicidade de uma bateria, baixo, vocais e bases programadas.

Naquela edição do festival, Tyler Joseph e Josh Dun animaram o público com canções arrebatadoras como “Jumpsuit”, “Levitate”, “Stressed Out” e “Trees”.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!