David Gilmour na América do Sul

Assim como inúmeras pessoas ao redor do mundo, o lendário David Gilmour também está abalado com o conflito entre Rússia e Ucrânia.

O guitarrista do Pink Floyd se manifestou sobre a invasão conduzida pelo presidente russo Vladimir Putin à Ucrânia, fazendo um apelo aos soldados russos. Através de sua conta do Instagram, ele escreveu:

Soldados russos, parem de matar seus irmãos. Não haverá vencedores nesta guerra.

Minha nora é ucraniana e minhas netas querem visitar e conhecer seu lindo país. Parem com isso antes que tudo seja destruído.

Putin deve ir embora.

A publicação de Gilmour foi acompanhada por um lyric video de sua música anti-guerra “In Any Tongue”, que integra o álbum Rattle That Lock (2016) e apresenta uma composição de sua esposa, a romancista Polly Sampson.

No mesmo ano em que a música foi lançada, Gilmour compartilhou com o The Sun algumas explicações sobre o tema abordado na faixa atemporal. Ele disse (via Louder Sound):

É sobre a futilidade de tudo isso com parte das pessoas que estão sentadas aqui no Reino Unido ou nos Estados Unidos voando drones sobre outras partes do mundo. Eles estão sentados no conforto de um pequena sala de controle, brincando com um joystick e depois indo para casa e comendo um curry.

Não consigo imaginar o que passa pela cabeça deles quando chegam em casa, se estão convencidos de que o que estão fazendo é certo ou se têm algum arrependimento. São palavras brilhantes de Polly. A dor, a tristeza, os arrependimentos estão em toda parte para todos em todos os lados desta moeda multifacetada.

Você pode conferir a publicação de Gilmour ao final da matéria.

David Gilmour e outros artistas se manifestam sobre Rússia x Ucrânia

Diversas bandas e artistas estão cancelando seus shows previstos na Rússia como forma de protesto contra a invasão à Ucrânia, que também vem tendo shows cancelados por conta da situação atual.

Um dos grupos mais recentes a anunciar o cancelamento de suas apresentações foi Nick Cave And The Bad Seeds.

O grupo havia sido contratado para tocar no Festival Bol de Moscou e no Palácio dos Esportes em Kiev. Através de sua conta do Twitter, a banda disse:

Nossos pensamentos e amor vão para o bravo povo da Ucrânia, seu heroico líder e todos aqueles que sofrem com esta guerra sem sentido. Ucrânia, estamos com você e com todos aqueles na Rússia que se opõem a esse ato brutal, e rezamos para que essa loucura seja encerrada em breve.

Os Bad Seeds se juntam ao Green Day — que no início desta semana cancelou seu show no Spartak Stadium de Moscou — e também a Iggy Pop, Franz Ferdinand e ao rapper russo Oxxxymiron.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar