Slash em show na Austrália
Reprodução/YouTube

Dono de alguns dos riffs mais conhecidos da história do Rock, Slash é, sem sombra de dúvidas, um ícone quando o assunto envolve guitarra.

Em conversa com o apresentador Matt Pinfield para divulgar o novo álbum do supergrupo Slash ft. Myles Kennedy & The Conspirators, o guitarrista do Guns N’ Roses aproveitou a oportunidade para revelar qual seria, em sua opinião, a banda que foi absolutamente fundamental para o surgimento do Metal (via GuitarWorld):

O primeiro disco do [Black] Sabbath teve o maior impacto em mim. Porque, quando você pensa sobre isso, no cenário de todas as outras músicas que estavam aparecendo na época, há um disco sombrio que realmente criou o que você consideraria Heavy Metal e criou o caminho para tudo o que estava por vir. E, então, sim, esse registro é especialmente comovente.

Além de citar o disco de estreia autointitulado lançado pela banda de Ozyy Osbourne e Tony Iommi em 1970, Slash mencionou o álbum Sabbath Bloody Sabbath (1973) como uma grande referência.

Riff de “Sabbath Bloody Sabbath” é mencionado por Slash

Para ele, a faixa que dá título ao trabalho contém um riff que continua muito marcante para os amantes do Rock por ser o mais pesado da história:

Mas, sabe, eu também amo o disco ‘Sabbath Bloody Sabbath’. Quero dizer, de verdade, todos esses discos. Mas o primeiro e o disco ‘Sabbath Bloody Sabbath’ provavelmente tiveram o maior impacto em mim. E a faixa-título, aquele colapso no final da música. Não há nada que já saiu que é mais pesado do que isso. Nenhuma banda que eu possa pensar tem um riff tão pesado quanto o de ‘Sabbath Bloody Sabbath’.

O riff ao qual Slash se refere pode ser ouvido no vídeo abaixo a partir do minuto 3:20. Concorda com ele?

LEIA TAMBÉM: Pearl Jam, RHCP, Guns N’ Roses e Jane’s Addiction se juntam em nova cover de Pretenders

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar