MC Hariel
Crédito: divulgação

Nesta sexta-feira (18), MC Hariel liberou nas plataformas digitais dez canções inéditas da segunda parte do DVD Mundão Girou, lançado no final do ano passado.

A nova leva de vídeos traz parcerias com amigos queridos no cenário musical como Alok, MC Don Juan, MC Pedrinho, MC Ryan SP, MC Davi e Salvador da Rima. O projeto também carrega o propósito de revolucionar as produções de Funk com grande estrutura  e tecnologia exclusiva de som surround Dolby Atmos.

Os encontros foram gravados em 2021 na casa de show paulistana Espaço das Américas e o DVD reflete a vida e carreira de Hariel, registrando sua evolução musical e poética.

A primeira parte do projeto já soma mais de 12 milhões de visualizações no YouTube e as regravações de Mundão Girou, também representadas em teatro, dança e música, prometem trilhar o mesmo caminho.

Com apenas 24 anos, MC Hariel, nascido na Vila Aurora, zona norte de São Paulo, acumula mais de 3 bilhões de views no Youtube e quase 2 bilhões de reproduções em todos os serviços de streaming. Desde 2015, ele é assessorado pela GR6 Eventos e coleciona hits como “Lei do Retorno”, “Tem Café”, “Ilusão (Cracolândia)” e “180”.

Confira nossa entrevista exclusiva com Hariel e assista à 2ª parte do DVD Mundão Girou a seguir ou no YouTube!

TMDQA! Entrevista MC Hariel

TMDQA!: Uma década depois, como é pra você olhar pra trás e ver tudo que conquistou até aqui?

MC Hariel: Após uma década vejo que estou no caminho e que estou fazendo o mais difícil, que é me manter.

TMDQA!: E como é transformar tudo isso em um show, um verdadeiro momento de congregação entre você e seus fãs?

MC Hariel: Isso é uma realização pessoal e profissional: mostrar para meus fãs a minha história e minha conduta dentro da música. E mostrar que nosso movimento é gigante!

TMDQA!: Nas imagens é possível ver que o público canta tudo do início ao fim, como se fosse backing vocal da sua banda. Por que você acha que consegue criar essa conexão especial com a plateia através das suas letras?

MC Hariel: Eu penso que consigo criar essa conexão devido à minha história ser verdadeira. Tudo que é verdadeiro o público se identifica. Fico muito feliz de o público aceitar o meu sonho e viver isso comigo.

TMDQA!: Por falar em banda, em vários momentos você preza pelo orgânico, aliando batidas a instrumentos de corda, por exemplo. Quando você faz música, como pensa nos diferentes elementos possíveis para compor e gravar?

MC Hariel: Quando a gente vai para o estúdio, eu e os DJs pensamos sempre em evolução. Melhorar cada vez mais as batidas, trazer coisas novas… Nessa direção. E, assim, às vezes dá certo.

TMDQA!: Suas letras falam de verdades do dia a dia e muitas delas abordam questões sociais sérias relacionadas às vidas dos brasileiros. Quando você transforma isso em canção, como sente que as pessoas se conectam com a mensagem que está sendo transmitida ali? Como você traça um limite entre falar abertamente sobre o que pensa e encaixar letras que façam sentido em cima de batidas e composições musicais?

MC Hariel: Eu penso só em por para fora tudo que sinto e tudo que já vivi. Desde criança, sei que minha realidade é igual a de muitos moleques de quebrada que tem por aí. A música é verdadeira e a história, verídica.

TMDQA!: Por fim, fala pra gente sobre as participações especiais! Rael, Filipe Ret, Lauana Prado e muito mais. Como foi celebrar esse momento tão especial trazendo convidados?

MC Hariel: Ret é um cara que sempre fui fã. Tenho admiração pela música dele e por como ele consegue há tantos anos estar no topo. Lauana é uma pessoa que veio trazer um brilho diferente para o projeto, um toque feminino e tem um talento gigante. Rael, quando fiz a música “Pirâmide Social” eu já imaginava ele cantando. E celebrar isso é uma conquista, né? Pra gente que luta tanto, sofre tanto. Ter momentos de alegria às vezes é bom.

LEIA TAMBÉM: MV Bill relembra Chorão com foto icônica e promete “capítulo só pra ele” em seu novo livro

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar