Jonny Greenwood (Radiohead) no Brasil em 2009
Foto de Jonny Greenwood via Shutterstock

A gente não tem dúvidas do talento de Jonny Greenwood, guitarrista do Radiohead. No entanto, o próprio músico revelou que suas habilidades não eram tão apuradas quando era mais jovem.

Em entrevista para a NPR, Greenwood lembrou da época em que entrou na banda liderada por Thom Yorke e revelou que, lá nos anos 1980, ele ainda não sabia tocar teclados, fingindo durante os ensaios com os outros integrantes.

Naquela época, Jonny deixava o instrumento desligado para evitar que sua performance afetasse a dinâmica do grupo ao ensaiar (via Consequence):

A banda de Thom tinha um músico responsável pelos teclados — [com quem] eu acho que eles não se davam bem porque ele estava tocando muito alto. Então, quando eu tive a chance de tocar com eles, a primeira coisa que eu fiz foi garantir que meus teclados estivessem desligados… Eu devo ter feito meses de ensaios com este teclado, e eles não sabiam que ele já estava desligado.

Como se não bastasse a graça da situação, Greenwood revelou que a reação da banda foi ainda melhor quando seu truque foi descoberto, pois eles agiam como se pudessem escutar o som dos teclados:

Eles faziam bastante barulho. Era tudo guitarras e distorção — e, então, eu fingi por semanas e Thom dizia, ‘Eu não consigo ouvir direito o que você está fazendo, mas eu acho que você está adicionando uma textura realmente interessante, porque eu não consigo dizer quando você não está tocando’. E eu pensava, ‘Não, você não tem como, porque eu realmente não estou tocando’. E eu ia para casa à noite e me esforçava para, de fato, conseguir tocar teclados, e cuidadosamente nos meses seguintes eu comecei a ligar os teclados. E foi assim que eu comecei com o Radiohead.

Que história!

Jonny Greenwood recebeu indicação ao Oscar por Ataque dos Cães

Hoje em dia, Jonny é um renomado compositor e prova disso foi sua indicação ao Oscar 2022 na categoria de Melhor Trilha Sonora Original pelo filme Ataque dos Cães, de Jane Campion. Ele concorre com Hans Zimmer, por Duna, Nicholas Britell, por Não Olhe Pra Cima, Germaine Franco, por Encanto, e Alberto Iglesias, por Mães Paralelas.

Greenwood já havia sido indicado na mesma categoria em 2018, por Trama Fantasma. Naquele ano, o vencedor do Oscar foi Alexandre Desplat, pela trilha de A Forma da Água.

Jonny também assinou trilhas sonoras de outras produções de destaque como Spencer (2021), Você Nunca Esteve Realmente Aqui (2018), Vício Inerente (2014) e Sangue Negro (2007).

Será que ele leva a estatueta dourada dessa vez?

LEIA TAMBÉM: Artista da capa de “Kid A”, do Radiohead, disseca seu processo criativo

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar