Mike Portnoy fala sobre volta ao Dream Theater

Não importa de que época estejamos falando, o Heavy Metal sempre existe de alguma forma. Mas, para Mike Portnoy, os anos 90 foram difíceis para o gênero.

O baterista, que ganhou fama com o Dream Theater e desde sua saída vem abraçando diversos projetos, falou recentemente em uma entrevista com a Loudwire e respondeu perguntas sobre temas variados.

Ao ser questionado sobre qual foi a melhor década para o Metal entre os anos 80 e 90, ele apontou uma falta de bandas na década de 90 mas citou os brasileiros do Sepultura como um grupo que conseguiu se destacar mesmo assim (via Metal Sucks):

Bom, para o Metal, eu diria que os anos 80 [foram melhores]. Porque os anos 90 foram realmente ladeira abaixo uma vez que o Grunge surgiu. Os anos 90… de verdade, a única coisa que tinha no Metal, pelo menos pra mim, nos anos 90, era Pantera, Sepultura e Machine Head. Essas eram as únicas bandas novas realmente fazendo Metal. Todas as outras grandes bandas de Metal dos anos 90 surgiram nos anos 80.

Então, pra mim, nos anos 80, nós tínhamos Metallica, Anthrax, Slayer, Overkill, Exodus, Megadeth — isso era toda a cena Thrash. E aí todas as coisas do início dos anos 80, você tinha o Rainbow e o AC/DC e o Accept e o Motörhead e o [Black] Sabbath e o [Judas] Priest e o [Iron] Maiden. Então, acho que os anos 80 definitivamente foram a década mais forte entre essas duas.

Vale ressaltar que a banda brasileira foi formada em 1984, mas de fato atingiu o sucesso internacional na década de 90 — inicialmente com Arise (1991) mas principalmente a partir de Chaos A.D. (1993).

Em tempo, o Pantera também foi formado até antes, em 1981, mas passou vários anos adotando uma estética bem diferente e tudo mudou com o disco Cowboys From Hell, de 1990. Já o Machine Head realmente foi formado em 1991.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!