Brian
Foto via Wikimedia Commons

Brian “Head” Welch, guitarrista do KoRn, mostrou que está bastante antenado nas novidades do mundo do Rock em uma entrevista recente.

O músico, que está promovendo o recém-lançado disco Requiem, conversou com o Spotlight Report (via Loudwire) e recomendou quatro bandas da nova geração. A primeira foi logo o Spiritbox, com a qual não poderíamos concordar mais — afinal de contas, o grupo canadense liderado por Courtney LaPlante foi nosso Artista do Mês em Setembro de 2021, quando lançaram o disco Eternal Blue.

Head se empolgou bastante ao falar sobre a banda, dando até uma dica de como consumir o catálogo deles:

Eu realmente curto a banda Spiritbox. Irmão, você tem que ouvir essa banda. Ouça a música chamada ‘Holy Roller’ e ouça de verdade o disco todo [Eternal Blue]. É a música mais melódica, bela. Lembra um pouco Evanescence. Você precisa conferir, não pare até ouvir essa banda.

Tem outra banda chamada Holding Absence que é bem legal. Siamese é outra que eu tenho curtido. Sleep Token é uma baita viagem — pronto, tem algumas aí para você conferir.

Já conhecia todas? Se não, hora de explorar essas discografias!

Guitarrista do KoRn dá conselho a novos músicos

No mesmo papo, Head aproveitou seus vários anos de estrada para dar conselhos a quem está entrando na música agora.

A primeira dica dele é para que as pessoas componham o máximo de canções que for possível — de acordo com o guitarrista, é só assim que você vai ficar bom em escrever músicas. Ele complementa:

Em segundo lugar, encontre algo único. Porque quando nós começamos lá em 93 ou 94 com o Jonathan [Davis]… ele falou pra gente que o pai dele tinha uma loja de música e que ele aprendeu a tocar gaita de fole no colégio. Nós ficamos tipo, ‘Cara, você precisa tocar gaita de fole no KoRn!’, e ele ficou tipo, ‘Sério?’. Nós ficamos tipo, ‘Sim! Você tem que mostrar esse talento’.

Isso era totalmente único naquela época. As pessoas ficavam tipo, ‘Olha essa banda com dreadlocks [e] pesada’, e aí esse cara aparecia com uma gaita de fole. As pessoas ficavam se perguntando o que tava acontecendo. Elas ficavam intrigadas, e não podiam desviar o olhar porque era tão estranho.

De fato, o instrumento peculiar aparece em diversas canções do KoRn. A mais notável, sem dúvidas, é “Shoots and Ladders”, parte do icônico álbum de estreia do grupo.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!