Jair Bolsonaro e Joe Rogan

A situação de Joe Rogan e do Spotify está dando o que falar e agora até Jair Bolsonaro se pronunciou.

O atual presidente brasileiro, como era de se esperar, se colocou ao lado do podcaster que vem espalhando informações anti-vacina e anti-ciência. Em seu Twitter, Bolsonaro escreveu (em inglês):

Eu não sei o que o Joe Rogan pensa de mim ou do meu governo, mas não importa. Se a liberdade de expressão significa algo, significa que as pessoas devem ser livres para falarem o que pensam, não importa se concordam ou discordam de nós. Aguente firme! Abraços do Brasil.

Vale ressaltar que o mandatário não foi a única figura notável a declarar apoio a Rogan.

Como te contamos aqui, a tatuadora Kat Von D, o ator Dwayne “The Rock” Johnson e o cantor Masked Wolf estão entre os que ficaram do lado do apresentador em meio à sua “guerra” com astros da música como Neil Young e seus antigos companheiros do Crosby, Stills, Nash & Young, além de outros nomes como Joni Mitchell, India.Arie e Failure.

Outro nome que apareceu com um discurso bastante semelhante ao do presidente foi o vocalista David Draiman, do Disturbed. Confira neste link.

Joe Rogan e confusão com o Spotify

Em tempo, o CEO do Spotify, Daniel Ek, foi obrigado a se pronunciar recentemente sobre a situação em uma reunião de resultados da empresa. Como conta a Época, ele defendeu as práticas da empresa e afirmou que “o mais importante é que não mudamos nossa política”, acrescentando ainda que está “muito orgulhoso das medidas que tomamos após as preocupações levantadas pelas comunidades médica e científica”.

Você pode entender mais sobre essas tais medidas, que não convenceram muita gente, por aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar