Baco Exu do Blues
Crédito: Roncca

Há poucos dias, Baco Exu do Blues lançou nos serviços de streaming o álbum Quantas vezes você já foi amado?, que entrou no top mundial dos dez maiores lançamentos desta semana no Spotify e foi o quinto mais ouvido no planeta no mesmo período. Em nível nacional, o trabalho que também figurou na lista foi Numanice #2, de Ludmilla, ocupando o nono lugar.

Terceiro álbum de estúdio na carreira do cantor e compositor baiano, Quantas vezes você já foi amado? fala sobre a forma de um homem preto receber e dar afeto. Baco, nome artístico de Diogo Moncorvo, apresenta no disco 12 faixas que dialogam com suas dores e amores.

O álbum conta com as participações de Gal Costa e Vinicius de Moraes (através de samples), além de Gloria Groove e Muse Maya, trazendo ainda trechos de Batatinha e Originais do Samba e áudios de personalidades da Bahia como Ravi Lobo, do Rap Nova Era, JF, Polêmico, da Banda O Metrô, e o ator Leandro Ramos.

Baco Exu do Blues exalta santidades

A religiosidade africana também é tema do trabalho e aparece com o propósito de ajudar o cantor a entender o melhor sentido do amor, como explica Diogo:

‘Quantas vezes você já foi amado’ é uma pergunta que deixa todo mundo desconfortável. No meu caso, eu fui amado várias vezes, mas fui pouco ensinado a receber esse amor. Isso fez parecer que quase nunca fui amado porque o amor é um ciclo que só se completa quando uma pessoa está te entregando aquilo e você consegue receber e passar de volta de alguma forma. Comigo foi sempre diferente. Eu sentia que as pessoas estavam jogando aquele amor, aquele afeto em mim, mas eu não conseguia sentir 100%. Ficava desconfiado pela trajetória de vida que tenho.

Anteriormente, Baco havia lançado Esú (2017) e Bluesman (2018), além de já ter anunciado seu próximo álbum, Bacanal, adiado por conta da pandemia.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar