Foto por Doni Maciel

Durante participação no podcast de Eddie Trunk, o guitarrista Steve Vai comentou sobre o adiamento de sua turnê depois de machucar o ombro em Dezembro de 2020 e passar por uma cirurgia no tendão de seu braço direito.

A operação exigiu um certo período de recuperação e, ao retornar suas atividades regulares, o músico voltou a gravar novo material.

“O processo de cicatrização foi rápido e eu podia gravar o álbum,” explicou Steve (via UCR), se referindo ao seu mais recente disco, Inviolate. No entanto, ele se machucou novamente depois de uma situação “muito estúpida”:

Eu tenho um forno de pizza, e eu estava colocando uma pizza dentro dele quando a massa grudou em um pratinho, e eu tive que puxar com força e rasguei outro [tendão].

O guitarrista também disse que, inicialmente, pensou que daria conta da excursão mesmo com o ombro machucado:

Eu achei que conseguiria aguentar a turnê, mas ela é gigantesca, porque eu estou doido para cair na estrada. E nós temos, tipo, 250 shows que queremos fazer ao redor do mundo, e vai levar muito tempo, tipo, um ano e meio. E uma vez que eu parei para prepará-la, ficou muito claro que eu não poderia. O médico disse que só iria piorar e não tinha nada que eu pudesse fazer. Ele recomendou que eu me cure antes de sair em turnê por um ano e meio ou então terei sérios problemas.

A perna americana da turnê de Steve Vai, que começaria neste mês de Janeiro, foi remarcada para Setembro.

Que ele se recupere logo e nada de fazer pizza, hein?!

LEIA TAMBÉM: Ian Gillan (Deep Purple) e Steve Vai listam músicas que mudaram suas vidas

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar