Sebastian Bach
Foto via Wikimedia Commons

Um dos assuntos mais comentados da semana é a decisão de Neil Young de retirar suas músicas do Spotify em protesto contra Joe Rogan. O lendário músico teve apoio de vários colegas de profissão e, entre eles, se destaca o posicionamento de Sebastian Bach.

O ex-vocalista do Skid Row se envolveu em uma conversa no Twitter com Jamey Jasta (Hatebreed), que publicou uma mensagem em que dizia que o “Spotify não se importa” com Neil e que ele deveria “começar seu próprio serviço de streaming onde paga às bandas mais do que o Spotify paga, e aí eles vão se importar”.

A postagem de Jasta foi comentada por Zach Myers (Shinedown), que criticou o icônico músico do Folk:

Ele não tem um problema com eles pagando migalhas aos artistas… mas um grande problema com um cara que só está exercendo o pensamento livre. Super comédia.

Notavelmente irritado com o posicionamento tosco de Myers, Bach usou a plataforma para responder o Tweet inicial de Jasta:

Desinformação sobre as vacinas é um problema pra todo mundo. O Neil Young está fazendo isso porque ele quer que o Rock and Roll exista e que seus fãs vivam. Esse outro cara é um babaca completo que não dá a mínima para qualquer um ou qualquer coisa que não seja ele.

Sebastian Bach defende Neil Young

Algum tempo depois, Sebastian voltou a usar a rede social para fazer comentários sobre o tema. Coincidentemente ou não, o vocalista fez uma postagem pouco tempo depois de David Draiman (Disturbed) defender a plataforma de streaming por sua decisão e escreveu:

Imagine se chamar de roqueiro e ainda assim ficar do lado de algum cara que tem um podcast ao invés do Neil Young. Você pode ficar ouvindo seu podcast e eu vou ficar ouvindo Neil Young.

Veja as publicações em questão logo abaixo.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!