James Blunt no clipe de You're Beautiful
Foto: Reprodução/YouTube

Sabendo bem de todos os memes que circulam pela internet com suas músicas e mostrando o bom humor de sempre, James Blunt decidiu se posicionar na confusão com relação ao Spotify de um jeito bem único.

Como você já deve ter visto aqui, a plataforma se tornou um dos assuntos mais comentados dos últimos dias depois que Neil Young deu um ultimato pela retirada de episódios do podcast de Joe Rogan que promoviam desinformação sobre a COVID-19, incluindo comparações da vacinação ao nazismo e outros absurdos.

Young avisou que, se seu pedido não fosse cumprido, retiraria suas músicas do catálogo da empresa — e assim o fez, sendo apoiado por artistas como Sebastian Bach e Joni Mitchell, que também removeu suas músicas.

Pois bem: dada toda a situação, Blunt resolveu usar o Twitter para fazer uma ameaça que chamou a atenção da internet. Ele escreveu:

Se o Spotify não remover o Joe Rogan imediatamente, eu vou lançar novas músicas na plataforma. #YouWereBeautiful

É isso mesmo que você leu! Agora a coisa ficou séria, hein…

James Blunt ameaça lançar músicas em protesto ao Spotify

Os seguidores do cantor logo entraram na brincadeira, dizendo por exemplo que “se isso não funcionar, nada mais irá”. Mas, falando sério, James já havia se posicionado contra o Spotify e o pagamento ridículo feito aos músicos no passado, como você pode relembrar por aqui.

Vale lembrar ainda que ele já havia feito uma piada parecida lá no final de 2016, dizendo que o ano seguinte seria “muito pior” porque ele lançaria um álbum. O trabalho em questão de fato acabou saindo e chama-se The Afterlove.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar