Meat Loaf, ator e cantor
Foto via Wikipedia (Creative Commons)

No último dia 20 de Janeiro, perdemos o icônico músico e ator Meat Loaf.

Conhecido pelo bem sucedido disco de estreia, Bat Out Of Hell, e papeis marcantes em filmes como Clube da Luta, ele nos deixou aos 74 anos de idade e sites como o TMZ reportaram que a causa da morte foi COVID-19.

Em seu pronunciamento oficial, a família de Meat Loaf não se manifestou a respeito das causas, mas cada vez mais pessoas próximas afirmam que o artista havia ficado “seriamente doente” desde que havia testado positivo para a doença.

Meat Loaf e as Vacinas

De acordo com o site Digital Music News, não há informações a respeito da vacinação do próprio músico contra a COVID-19.

O que existem são relatos de que ele teria criticado os projetos de obrigatoriedade da vacina contra COVID na Austrália.

Além disso, sua filha Pearl Aday (esposa de Scott Ian, do Anthrax) fez um post no Instagram em 07 de Janeiro confirmando resultados positivos de “amigos e familiares”:

Uma mensagem para a COVID e suas variantes amigas imbecis da família Ian que está em MAIS UM lockdown.

Não estamos doentes, mas temos muitos amigos e familiares testando positivo agora, positivo mas bem de saúde.

Agradecemos o respeito deles pela ciência e pelo fato de estarem todos vacinados, caso contrário eles estariam muito pior. Nós conseguimos ficar seguros por enquanto.

Em nome de todo mundo e especialmente de crianças forçadas a crescerem no meio de uma pandemia… do fundo do seu coração dele, e com coração eu quero dizer PEIDO

Fiquem seguros, amigos. Por favor cuidem uns dos outros.

Caso tenhamos informações oficiais a respeito da passagem do artista, que recentemente foi celebrado por Jack Black, publicaremos por aqui.

LEIA TAMBÉM: “Eterno Bob” – Edward Norton presta homenagem a Meat Loaf, seu colega em “Clube da Luta”

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar