Guitarras do Slash com a Gibson

A fabricante Gibson está se preparando para vender seus modelos mais famosos de guitarras elétricas em NFT.

Segundo a Guitar World, em 14 de Janeiro, a empresa cumpriu toda a burocracia para registrar a marca e poder vender exemplares em tokens não fungíveis das guitarras Les Paul, Flying V, SG, Thunderbird, Explorer e, muito provavelmente, da ES-330 ou ES-335.

A Gibson preencheu as exigências técnicas para “cobrir as categorias de multimídia para textos, áudio e vídeo relacionados a música e entretenimento autenticados por tokens não fungíveis”.

Os requerimentos indicam que, apesar da Gibson ainda não ter feito nenhum lançamento em NFT, ela pretende investir na área em algum momento. Alguém avisa…

Steve Vai, Keith Richards e John Lennon no mercado NFT

Recentemente, Steve Vai e Keith Richards, duas das maiores figuras do Rock, chamaram a atenção para o mercado dos NFT’s. Além deles, nesta semana o filho mais velho de John Lennon, Julian, anunciou que vai leiloar itens que pertenceram ao seu pai em tokens não fungíveis.

De acordo com o The Guardian, alguns deles seriam a capa preta usada por Lennon no clipe de “Help!”, rascunhos manuscritos de “Hey Jude”, um casaco afegão usado na Magical Mystery Tour e três guitarras Gibson dadas pelo ex-Beatle a Julian.

Em parceria com a casa Juliens Auctions, da Califórnia, o leilão virtual com as peças digitalizadas está marcado para 7 de Fevereiro e será realizado através do site Yellow Hearts.

LEIA TAMBÉM: “Otário investindo dinheiro”: Cauê Moura e uma opinião direta sobre NFT’s

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar