Hana Horka
Crédito: reprodução

Cantora da banda tcheca de música folclórica Asonance, Hana Horka morreu no último domingo (16) devido a complicações causadas pela COVID.

Ela teria contraído o vírus de propósito após a contaminação de seu filho, Jan Rek, e do marido, que não teve seu nome divulgado.

Ambos vacinados contra a doença, eles testaram positivo para o coronavírus e Hana, que assumia uma postura antivacina e tinha 57 anos, resolveu se infectar para ter um “passe livre” sem o esquema vacinal.

Em entrevista à rádio Rozhlas (via O Globo), o filho da cantora revelou que ele e o pai contraíram a doença no final de 2021, enquanto o teste de Hana havia dado negativo.

Por conta disso, ela decidiu se expor ao vírus deliberadamente para, após se contaminar, obter o certificado de imunidade usado na República Tcheca ao se recuperar da COVID. Para quem não sabe, o documento permite que cidadãos tchecos frequentem alguns estabelecimentos sem o comprovante de vacinação exigido.

Morte estaria relacionada à influência de dois militantes antivacina

Ainda segundo a reportagem, Jan Rek afirmou que sua mãe faleceu em casa com sintomas graves como falta de ar. O jovem também disse que atribui a morte de Hana à influência de dois militantes antivacina: o ator Jaroslav Dušek e a bióloga Soňa Peková.

Dias antes, Horka chegou a fazer publicações nas redes sociais em que comemorava sua infecção pela COVID.

Complicado…

LEIA TAMBÉM: Busca por vacina contra COVID quadruplica em Québec após restrição de álcool e maconha para não vacinados

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar