Batoré
   

O humorista Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido como Batoré, morreu aos 61 anos de idade nesta segunda-feira (10) após uma batalha contra o câncer.

A família foi informada do falecimento pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, onde ele estava internado. Por enquanto, não há mais informações sobre o tipo de câncer que o ator enfrentava.

Ele ganhou fama com o programa A Praça É Nossa, onde interpretava o personagem que lhe gerou um apelido para a vida toda. Depois de sua saída da atração humorística, ele ainda chegou a participar da novela Velho Chico, na Rede Globo, como o delegado Queiroz.

Em 2019, fez seu último papel na televisão na adaptação do filme Cine Holliúdy para série, interpretando o Governador Pimpo na produção que foi disponibilizada no Globoplay.

Batoré na política

Além das telas, Ivanildo também esteve envolvido com a política e foi vereador do município de Mauá, em São Paulo, por dois mandatos. Ele foi eleito pela coligação PR/PP em 2008 e, logo após sua reeleição em 2012, mudou sua filiação para o PRB e acabou afastado do mandato por “infidelidade partidária”.

Nos últimos anos, o humorista também vinha se associando às ideias do presidente Jair Bolsonaro, inclusive pedindo o “fechamento das portas” da Câmara, do Senado e do STF e a militarização dessas instituições.

Que descanse em paz.

 
Compartilhar