Show do Racionais em São Paulo
Foto por Stephanie Hahne / TMDQA!
 

E mais uma vez, infelizmente, o termo “racista” é um dos mais comentados no Twitter brasileiro.

Isso porque o jornalista Silvio Navarro publicou um tweet onde conseguiu, em apenas uma mensagem, mostrar uma carga pesada de preconceito, racismo e negacionismo em relação à pandemia da COVID-19 e às vacinas contra a doença.

No texto, mencionando a informação que demos aqui há alguns dias de que Mano Brown e os Racionais irão exigir comprovante de vacinação em seus shows, ele disse:

Mano Brown exige certificado de vacinação para entrar em seus shows. Atestado de antecedentes criminais não são exigidos.

Como é de costume, assim como tantos outros, o jornalista que além de preconceituoso também não entende muito de concordância e escreve “atestado … não são exigidos”, apagou a mensagem após as críticas aparecerem, mas o print foi amplamente compartilhado, como você pode ver logo abaixo.

Tweet de Silvio Navarro

Rappers e músicos de outros estilos se manifestam

Após a mensagem viralizar, músicos como Don L, Lucas Silveira (Fresno), Coruja BC1 e o ator Ícaro Silva se manifestaram a respeito, criticando não apenas a mensagem original como a “resposta” de Navarro.

Em outro tweet com erro de português, ele afirmou que o post original “não tem nada a ver com racismo”, afirmando:

O tweet anterior sobre o show do Mano Brown foi apagado. Não tem absolutamente nada a ver com racismo ou estilo musical – e sim, a letras [sic] sobre violência e crime. Como a mensagem não foi clara e muita gente se sentiu ofendida, peço desculpas.

É, claro. Como se alguém fosse acreditar que a intenção do tweet original não foi associar o público de uma das maiores bandas e de um dos maiores artistas da história do país à criminalidade.

Lamentável e, infelizmente, nada inédito. A gente só espera que plataformas como o Twitter e os órgãos responsáveis brasileiros tomem medidas de verdade para que, aí sim de forma fora do comum, a gente veja racistas e pessoas carregadas de outros preconceitos guardando as suas “opiniões” para si e respondendo pelas suas atitudes.

Você pode ver diversos tweets a respeito do assunto logo abaixo.

Compartilhar