Nas
Divulgação
 

Nas, em parceria com a nova startup Royal, plataforma de tecnologia blockchain, dará aos seus fãs a oportunidade de obter os direitos autorais de suas canções através de versões estendidas disponibilizadas em NFT.

Chamados de ativos digitais limitados, os tokens não fungíveis incluem direitos de royalties de streaming para as faixas “Ultra Black” e “Rare”.

Com o negócio, o lendário rapper será o primeiro cantor a vender música neste formato, como disse em comunicado oficial o CEO e co-fundador da Royal, o artista eletrônico Justin “3LAU” Blau (via Billboard):

Ter Nas como o primeiro artista a vender direitos de royalties através da Royal é uma afirmação incrível de nossa missão. É a prova de que artistas de todos os gêneros têm uma forte convicção de democratizar a propriedade de sua música e de que desejam se conectar com seus ouvintes em um nível mais profundo.

Aos compradores de seu NFT, Nas cederá 50% dos direitos de streaming das composições citadas, o que representa as primeiras garantias sobre os direitos de propriedade de uma música de um artista. 3LAU explicou:

Desde o lançamento da Royal, recebemos feedback esmagador de artistas de todos os gêneros, que desejam se conectar com seus fãs de novas maneiras. Ter Nas envolvido primeiro como um investidor e agora como o primeiro artista a cair na Royal é uma enorme validação de nossa missão de redefinir a propriedade da música, e esta parceria é apenas o começo.

Revolucionário, hein?

Nas também falou sobre seu feito inédito no mercado NFT

Ao comentar o assunto, Nas deixou claro que sua intenção é ficar ainda mais próximo dos fãs:

Estou sempre em busca de novas e únicas formas de me conectar com as pessoas. Portanto, estou animado com a parceria com a Royal em seu novo empreendimento, a fim de que o mundo se conecte com a minha música de uma nova maneira.

A coleção de NFTs de Nas será disponibilizada em 11 de Janeiro em três níveis: ouro, platina e diamante. Cada um terá percentuais diferentes em relação aos royalties de “Ultra Black” e “Rare”.

LEIA TAMBÉM: Eminem teria gasto R$2,6 milhões com NFT de macaco que se parece com ele

 
Compartilhar