Lil Nas X no VMA 2021
Reprodução/Instagram
   

Hoje um verdadeiro ícone da nova geração com inúmeros sucessos nas paradas, Lil Nas X começou sua carreira como um fenômeno quando lançou o mega hit “Old Town Road”.

Em uma nova entrevista com a CBS (via NME), o músico que transita entre gêneros como Country, Rap, Pop e Rock falou sobre a decisão de se assumir gay logo quando estava no auge, liderando as paradas com a canção citada acima. Além de dizer que era “o momento mais autêntico” para isso, ele explicou:

É tipo, eu não estou fazendo isso pela atenção. Eu já sou tipo o artista número um do mundo agora.

Definitivamente havia algum medo ali. Sempre há medo quando você está fazendo algo que é literalmente capaz de mudar sua vida. Mas você precisa só fazer, sabe?

Lidando com diversas polêmicas desde então que estão ligadas à sua imagem e sexualidade, Lil Nas contou que há ainda muito preconceito por baixo dos panos e que a indústria da música quer “vender” os artistas gays de uma forma que não afaste nenhum tipo de público:

Eu sinto que eu sou definitivamente muito mais ‘pra fora’ com isso. Sempre foi tipo, ‘Ok, se você é gay, isso precisa ser higienizado. Não vamos incluir nada sexual’. É tipo, ‘Seja gay sem ser gay. Nós não queremos saber o que acontece com as portas fechadas, ou nós não queremos que você expresse isso’.

Eu estou dizendo que eu vou fazer isso se eu quiser. E eu quero que todos os outros artistas se sintam da mesma forma.

Que tristeza que ainda tenhamos que ver tanto preconceito velado (e, por vezes, escancarado) nessa indústria — mas que bom que temos um grande talento como esse se posicionando assim.

Lil Nas X

Não à toa, a autenticidade de Lil Nas X lhe rendeu um dos melhores álbuns de 2021 com o excelente MONTERO, que aborda sem medo temas sexuais e relacionados à vivência do cantor.

O trabalho foi premiado em diversas cerimônias mundo afora e, aqui no TMDQA!, esteve bem pertinho do topo da nossa lista com os melhores discos internacionais de 2021.

 
Compartilhar