Jerry Cantrell em 2002
Foto de Jerry Cantrell via Shutterstock

Jerry Cantrell, guitarrista do Alice In Chains, revelou que ainda pensa em Layne Staley quando compõe.

O músico acaba de lançar Brighten, seu primeiro disco solo em quase 20 anos, no qual perseguiu uma veia mais acústica e bem diferente do que vem fazendo com sua banda principal nos últimos anos.

Quando questionado sobre o processo de composição da carreira solo, Cantrell respondeu sobre as semelhanças entre as letras do grupo e as suas sozinho. Em entrevista à Louder Sound, ele declarou:

Na verdade não [é diferente], eu apenas escrevo. O método é o mesmo, os jogadores em campo que são diferentes. Dito isso, há momentos em que eu fico tipo: ‘O Layne iria mandar muito bem [nestes vocais], e o Sean [Kinney, baterista] vai fazer uma coisa muito legal aqui, e eu aposto que o Mike [Inez, baixo] também fará algo massa aqui’.

Jerry ainda completou:

Você confia na força da banda e no talento que todos trazem para essas coisas. Mas principalmente, estou sempre catalogando riffs e gravando coisas. Sou um colecionador de ideias e tenho um arquivo profundo de letras e coisas que não foram realizadas ainda.

Alice In Chains

Vale lembrar que, desde 2006, quem comanda os vocais do grupo é William DuVall, que já gravou três discos à frente do AiC.

Layne Staley se foi em 2002, aos 34 anos de idade, vítima de uma overdose acidental. À época, ele já estava inativo por alguns anos, e seu último álbum de estúdio com a banda foi o homônimo de 1995.

LEIA TAMBÉM: Jerry Cantrell, do Alice in Chains, lança seu novo disco solo “Brighten”; ouça

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!