São Francisco declara o
Reprodução / Instagram

O Metallica completa neste mês 40 anos de sua trajetória e as celebrações já começaram em São Francisco, considerada sua terra natal.

Na última quinta-feira a prefeita da cidade, London Breed, declarou que 16 de Dezembro é agora considerado o “Dia do Metallica”.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, emitiu uma proclamação oficial falando sobre o novo marco da banda e destacando não só sua carreira de sucesso como também o trabalho dos músicos de caridade e filantropia.

Sobre a honra concedida ao lendário grupo de Metal, a prefeita Breed declarou:

Eles fazem parte da estrutura da comunidade. Eles tocaram a vida das pessoas por gerações. Quando você fala sobre San Francisco, fala sobre bondes e depois fala sobre o Metallica. E em nome da cidade e do condado de São Francisco, quero declarar oficialmente hoje o ‘Dia do Metallica’.

Metallica celebra 40 anos de carreira

A cerimônia do “Metallica Day” contou com a participação do baterista Lars Ulrich e do baixista Robert Trujillo. Durante seu discurso para agradecer a homenagem, Ulrich contou a história da relação do Metallica com São Francisco. Ele disse:

Não começamos em San Francisco. Começamos no sul da Califórnia. E nós viemos para São Francisco pela primeira vez em 1982, em setembro, e tocamos no Stone e, posteriormente, no Old Waldorf algumas vezes … E tínhamos ficado seis, nove meses em Los Angeles, e não pertencíamos ao local.

A razão pela qual todos nós queríamos estar em uma banda era para nos encaixarmos em algo maior do que nós mesmos, e nós absolutamente não nos encaixávamos em nada em Los Angeles, Sunset Strip, Hollywood – nada disso. Sentíamos como se fôssemos completos forasteiros.

Quando viemos aqui em setembro de 1982 e começamos a tocar, fizemos quatro shows naquele outono – como eu disse, no Stone, no Old Waldorf e no Mabuhay Gardens – e fomos abraçados e nos sentimos tão bem-vindos e amados aqui.

Havia um senso de comunidade musical para pessoas como nós, que se sentiam estranhas, que gostavam de coisas que não estavam no mainstream, e isso obviamente tem sido uma parte significativa da história de San Francisco. Então, vindo aqui em 1982, apoiados pela história da cultura, os poetas Beat e o movimento hippie, a música e Bill Graham e tudo o que São Francisco representava, fomos simplesmente abraçados instantaneamente.

Nos sentimos tão bem-vindos, tão amados e finalmente nos sentimos como se pertencêssemos a algum lugar. E já se passaram 39 anos sentindo aquela sensação de pertencer, não apenas a um lugar geográfico – São Francisco, Bay Area, norte da Califórnia, como você quiser chamá-la – mas também a um estado de espírito. Você pertence ao que San Francisco representa.

Em seus discurso, o baterista também falou sobre a admiração da banda pela cidade e seus moradores:

Temos muito orgulho de gritar de todos os telhados do mundo todo, em cada entrevista coletiva, em cada microfone que foi enfiado em nossos rostos por quase 40 anos, o quanto San Francisco nos deu uma identidade e nos deu, como eu disse, um sentimento de pertencimento. E hasteamos a bandeira com orgulho de São Francisco e da Bay Area em todo o mundo em nossas camisetas.

Temos muito orgulho de nossa conexão com tudo o que São Francisco representa e com todas as pessoas maravilhosas, obviamente, com os grandes elementos físicos e geográficos aqui e com a história e os bondes e os Giants [time de baseball] e os Warriors [time de basquete] e a lista só aumenta.

Aqueles de vocês que conhecem nossa história sabem que temos a sorte de viajar por todo o mundo – tocamos em todos os sete continentes – e há muitos, muitos lugares maravilhosos neste planeta onde a música, em comparação com quando começamos – América Latina, sudeste da Ásia, lugares que você não esperaria 30, 40 anos atrás, que você pudesse trazer o rock and roll – que agora também nos abraçaram. Mas nossos corações, nossas almas e nosso senso de pertencimento sempre estarão em San Francisco. E Metallica e San Francisco sempre serão duas palavras que são sinônimos uma da outra.

Após receber essa especial homenagem, o Metallica também irá comemorar o aniversário de 40 anos do grupo com duas apresentações no Chase Center, em São Francisco, nesta sexta-feira (17) e no domingo, 19 de Dezembro.

Para a felicidade dos fãs que não poderão comparecer ao show, as apresentações serão exibidas gratuitamente. Saiba todos os detalhes aqui.

Confira abaixo um trecho da cerimônia do “Dia do Metallica” e em seguida o agradecimento de Lars Ulrich e da banda.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!