Em entrevista ao The Coda Collection, Roger Daltrey, vocalista do The Who, deu um banho de água fria nos fãs ao revelar ser improvável que a lendária banda volte a se reunir para gravar novas músicas.

Segundo o cantor de 77 anos, produzir álbuns deixou de ser lucrativo e, por isso, Daltrey não tem interesse em gravar qualquer material inédito (via Blabbermouth):

Não existe razão para fazer música nova se você não consegue viver disso — na minha opinião, de qualquer forma. Qual é a razão? No último álbum, me custou dinheiro para realizar. Eu não vejo motivo para seguir fazendo isso, entende? Eu sou muito classe operária para isso. Eu trabalho desde os meus 15 anos, e sair por aí e não fazer dinheiro… Eu não me importo se é caridade, mas eu tenho uma família para alimentar também — um monte de netos e de crianças. Então, é complicado. Eu não se sei nós faremos qualquer canção nova, mas não posso dizer nunca — vamos colocar assim.

Em seguida, Roger falou sobre sua relação com o guitarrista Pete Townshend, único membro vivo do The Who além dele:

Eu falo com Pete [Townshend] uma vez por ano. Eu não o vejo tem dois anos. Eu gosto de vê-lo, mas não somos exatamente amigos.

Apresentações do The Who no ano que vem

Apesar da fala desmotivadora de Daltrey, o The Who tem shows marcados pelo Reino Unido para os meses de Junho e Julho de 2022.

O mais recente disco de inéditas do grupo foi Who, lançado em 2019 e que chegou ao terceiro lugar na parada britânica, melhor posição alcançada por um trabalho dos caras em 38 anos.

Atualmente, o vocalista se prepara para sua turnê solo que será iniciada ainda neste mês.

LEIA TAMBÉM: Roger Daltrey (The Who) brinca que Jimi Hendrix “copiou” Pete Townshend

 
Compartilhar