Jon Lent, ex-membro da banda de Mac DeMarco, é condenado por agressão sexual
Reprodução / YouTube
 

Jon Lent, ex-baixista e tecladista de Mac DeMarco, se declarou culpado de abuso sexual em Abril deste ano e foi condenado a dois anos de prisão.

De acordo com documentos judiciais obtidos pela Pitchfork, a eventual condenação foi resultado de um caso que ocorreu em 14 de Abril de 2018 perto de Edmonton, Canadá, que levou a uma prisão em Dezembro daquele ano.

A situação foi relatada ao portal a partir de um e-mail enviado em 7 de Outubro pela mulher que foi agredida pelo músico e que pediu para ser identificada apenas como “S“.

Segundo o depoimento de S, Lent está preso desde 3 de Julho deste ano, mas o portal não conseguiu confirmar se atualmente ele está encarcerado. Em sua mensagem, ela disse:

Já se passaram quase seis meses desde que Jon foi condenado e nem Jon nem Mac disseram nada para resolver a situação.

Acusação contra Jon Lent

S revelou que seu primeiro contato com Jon Lent foi através do Instagram, em Outubro de 2017, pois ela “realmente amava Mac DeMarco” e decidiu seguir todos os integrantes de sua banda.

Por lá, eles conversaram por cerca de seis meses, enquanto Lent estava em turnê com DeMarco, e depois eles se encontraram quando o músico voltou para Edmonton.

S conta que conheceu Lent pessoalmente em um bar no início de Abril de 2018 e levou uma amiga para não ir ao encontro sozinha. A agressão teria ocorrido alguns dias depois, em 14 de Abril, e a vítima aponta que relatou o incidente à polícia “logo depois que aconteceu”:

Fui ao hospital e estava com o kit de estupro, fui entrevistada pelo investigador.

Apesar de S e Lent não terem conversado durante vários meses após o ataque, o músico enviou uma mensagem de texto para ela em 3 de Outubro de 2018, dizendo:

Estive pensando muito sobre o que fiz e percebi que o que disse que foi um mal-entendido foi, na verdade, mais uma falta de consentimento. Eu estava totalmente errado e me sinto mal por isso. Isso realmente está me consumindo por dentro. Acho que meu pedido de desculpas inicial não pareceu sincero e só quero que saiba o quanto me arrependi do que fiz. Agi cruelmente e de uma maneira ofensiva e tive medo de reconhecer isso e percebi que, ao ignorar o que fiz, estive piorando as coisas.

A mulher apresentou a mensagem às autoridades e lembrou que o investigador disse que aquilo era evidência suficiente para a prisão de Lent, “mas ele simplesmente não estava no país”.

Isso porque o baixista estava em turnê com Mac DeMarco e de 12 de Outubro de 2018 em diante ele foi visto em vídeos de shows do artista. A situação ficou assim até que, em 19 de Dezembro do mesmo ano, ele foi preso pelo Serviço de Polícia de Edmonton sob acusações de abuso sexual.

Mesmo depois da prisão, Jon Lent continuou tocando com DeMarco e foi visto em diversas filmagens de eventos que ocorreram entre Abril e Setembro de 2019.

O julgamento de Lent foi originalmente marcado para 12 de Abril de 2021 no Tribunal em Edmonton. No entanto, na noite anterior, S foi notificada que o músico decidiu se declarar culpado.

Jon foi condenado por abuso sexual em 12 de Abril e, em 3 de Junho, condenado a dois anos menos um dia na prisão provincial. Ele também deve cumprir um termo de proibição de armas de fogo por 10 anos, o que significa que ele não pode possuir uma arma de fogo ou qualquer outra arma por 10 anos após o término de sua sentença — procedimento padrão para um delito violento.

Posicionamento de Mac DeMarco

Em declarações à Pitchfork, um representante de DeMarco informou que o artista não tinha conhecimento de que Lent havia sido preso por agressão sexual até Abril de 2021. Ele disse:

Lent contou a Mac pela primeira vez sobre as acusações de agressão sexual em abril de 2021. Mac não falou com Lent desde aquela conversa. Lent tocou pela última vez com Mac em janeiro de 2020. Ao saber dessas alegações, Lent foi imediatamente removido da banda Mac DeMarco.

Através de seu representante, DeMarco declarou:

Não estou mais pessoalmente associado à Lent. Eu gostaria de respeitar a privacidade da sobrevivente.

Jon Lent se juntou à banda de Mac em 2015 e, nos últimos cinco anos, tocou baixo e teclado durante as turnês do artista.

Nos anos seguintes à agressão, S disse que frequentou grupos para lidar com problemas emocionais. Em seu e-mail, ela declarou:

Não consigo expressar como é doloroso estar cercada por lembretes e ver Mac DeMarco continuar como se nada tivesse acontecido. Há anos espero pela prestação de contas de Jon Lent e Mac DeMarco. Não posso esperar mais.

Complicado.