Chico César agradece por viral de Juliette
Ouça a nova música de Juliah!    

O icônico músico brasileiro Chico César foi alvo de racismo recentemente em um programa produzido pela prefeitura da cidade de Conde, na Paraíba.

A situação lamentável ocorreu durante um episódio da atração “Fala Conde”, em que o apresentador Bira de Jacumã comentava sobre o Carnaval quando citou o artista e reproduziu falas extremamente ofensivas (via IstoÉ). Ele disse:

Acabaram com nosso carnaval, que era nosso cartão postal. Fizeram um carnaval pra eles. Era aquele negrinho tocando violão nu, como era o nome dele, de Catolé do Rocha? Esqueci o nome daquela praga, ninguém se lembra mais dele.

O vídeo divulgado por uma internauta mostra também que Renato Vieira, outro apresentador do programa, não se manifestou sobre os comentários de cunho racista de Bira e em seguida o ajudou a lembrar o nome do cantor, apontando que se tratava de Chico César.

Repercussão de racismo sofrido por Chico César

Após as imagens circularem nas redes socais, os apresentadores do “Fala Conde” foram duramente criticados nas redes sociais. Um internauta escreveu em sua conta do Twitter:

Inadmissível uma coisa dessas, Chico César lenda viva da MPB ser tratado de uma maneira dessas é um atestado de ignorância dos ‘apresentadores’.

Outros questionaram se “esses racistas estão soltos ainda” e uma admiradora do cantor declarou:

Que é isso, gente?! Chico César é um patrimônio cultural da música brasileira.

Até o momento da publicação desta matéria, o músico paraibano não se manifestou sobre o assunto.

LEIA TAMBÉM: Chico César: discos ao vivo do artista chegam às plataformas de música

   
Compartilhar