Viridiana é o projeto artístico de Bê Smidt, multiartista de Porto Alegre que lança seu álbum de estreia em um mergulho íntimo e dançante ao mesmo tempo, pra se acabar na pista e chorar no banho com a mesma intensidade.

Transfusão é um lançamento em parceria da PWR Records com a Natura Musical que trata com muita sinceridade das relações de desejo às necessidades de respeito em família e sociedade enquanto pessoa trans não-binária. O trabalho chega junto do levemente NSFW clipe “tua, toda”, que dialoga, a partir da entrega ao desejo, com a vontade de um amor por completo.

Você confere o clipe em primeira mão aqui no TMDQA!

Continua após o vídeo

Mesclando referências da canção brasileira com a música pop e eletrônica dançante, Viridiana produz e compõe todas as suas músicas em seu home studio, sintetizando seus sons e suas verdades. Isso se reflete na releitura do pop brasileiro setentista e oitentista com um olhar contemporâneo que marca o álbum.

O resultado é como se Arca e Caroline Polachek produzissem um álbum da Marina Lima.

“São canções que se pretendiam a falar sobre ser trans, sobre habitar o mundo se identificando assim, se relacionar assim, amar assim, chorar assim, e acabou saindo sobre muito mais. É uma carta, uma confissão, um testemunho de tanta coisa que corre solta no meu peito, coração e pregas vocais. tenho pensado que se antes os meus trabalhos falavam muito de ser trans ‘pro lado de dentro’, esse trabalho é sobre ser trans ‘pra fora’”, conta Viridiana.

Com faixas como a ótima “3×4” e a poderosa “menina”, o álbum pode ser ouvido em todas as plataformas de música digital.

   
Compartilhar