Adele divulga prévia de seu aguardado novo single
Reprodução / Instagram
 

Adele realmente está com tudo e não é exagero nenhum dizer que seu novo álbum, 30, é o mais aguardado do ano.

Tanto é que o trabalho, previsto para chegar em 19 de Novembro na íntegra, vai fazer com que aconteça um grande atraso na produção mundial de discos de vinil. Não é exagero: a cantora britânica entregou a obra às produtoras do formato há cerca de seis meses para que a quantidade necessária fosse finalizada a tempo.

Desde a pandemia, a indústria dos bolachões está comprometida e, por isso, a informação dada pela Variety e publicada pela CoS parece bastante real. Até porque Adele vai disponibilizar nada menos que 500 mil (!) unidades de 30 na época de seu lançamento, já antecipando o gigantesco sucesso que o álbum deve ter.

Ainda de acordo com essas informações, os “prejudicados” da história são os títulos de catálogo — ou seja, em sua maioria, discos antigos que seguem sendo disponibilizados no formato.

Atraso na produção mundial de discos de vinil

Por mais que esse seja o caso, o atraso mundial tem sido bastante claro e há artistas de todos os tamanhos reclamando sobre ele.

Conforme relembra a CoS, a ótima Laura Jane Grace (Against Me!) foi uma das que falou sobre o assunto ainda nesta semana, explicando que as bandas que não entregarem seus álbuns prontos nos próximos meses só vão poder lançar os trabalhos em vinil em 2023.

Que coisa, hein?

   
Compartilhar