Jerry Cantrell Alice in Chains no Solid Rock
Foto por Stephanie Hahne
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Convidado especial da BBC no programa The Rock Show with Johnnie Walker durante o segmento “Deus do Rock”, Jerry Cantrell, guitarrista e vocalista do Alice in Chains, escolheu o seu grande ícone do gênero e não surpreendeu na resposta.

Segundo o músico, Mick Jagger, frontman do The Rolling Stones, foi quem abriu caminho para que outros grandes vocalistas pudessem aparecer na história do Rock (via Blabbermouth):

Eu tive o privilégio de vê-lo tocar com os Stones em Los Angeles alguns dias atrás. Eu tive a sorte de assistir a alguns shows do Stones durante o anos, mas foi muito bom ser lembrado de seu lugar na história do Rock and Roll e Mick tem o lugar como a gênese, eu acredito, de como é realmente ser uma banda de rock. É incrível, a longevidade, a atitude, apenas sua habilidade de se conectar com o público, de trabalhar em uma sala; eu não acho que você teria Steven Tyler ou David Lee Roth ou qualquer frontman épico sem Mick Jagger. Ele é o arquétipo e o precursor do que é liderar uma banda de Rock.

E aí, concorda?

Jerry Cantrell lançou Brighten na semana passada

Atualmente, Cantrell divulga seu novo disco solo, Brighten, disponibilizado em 29 de Outubro. O álbum, que traz uma cover do clássico “Goodbye”, de Elton John, foi produzido em 2020 por Jerry ao lado do compositor de filmes Tyler Bates e de seu engenheiro de longa data Paul Figueroa.

Algumas outras lendas do Rock participaram das gravações do trabalho, como o baixista Duff McKagan (Guns N’ Roses), o cantor Greg Puciato (Dillinger Escape Plan) e o produtor musical e engenheiro de som Joe Barresi (Tool, Queens of the Stone Age).

LEIA TAMBÉM: O dia em que o Alice in Chains recebeu James Hetfield para uma performance incrível de “Would?”

Ouça a nova música de Juliah!