Fetty Wap
Crédito: reprodução
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Fetty Wap está em maus lençóis.

O rapper foi preso após receber acusações federais de posse de drogas. A prisão aconteceu na quinta-feira (28), no Citi Field, estádio de Nova York onde acontecia o festival Rolling Loud NYC. O músico não conseguiu se apresentar.

William Junior Maxwell II (seu nome de batismo) é um dos seis homens acusados e o grupo ainda inclui um oficial penitenciário de Nova Jersey. As acusações citam “conspirar para distribuir e possuir substâncias controladas”.

A imprensa internacional (via Brooklyn Vegan) alega ainda que os réus conseguiram suas drogas na Costa Oeste dos Estados Unidos e usaram os correios locais para transportá-las pelo país. O caso teria acontecido entre junho de 2019 e junho de 2020 e mais de 100 quilos de drogas foram comercializadas.

“Isso contribuiu deliberadamente para a epidemia de opiáceos que devastou nossas comunidades e tirou muitas vidas”, afirmou Breon Peace, Procurador da República.

Fetty Wap pode encarar prisão perpétua

De acordo com os promotores, Fetty Wap atuava como “redistribuidor de produtos” para essa organização do tráfico. Ao fim, os policiais apreenderam mais de U$1,5 milhão, 16 quilos de cocaína, 2 quilos de heroína, pílulas, armas e mais.

Caso seja condenado no caso, o rapper pode pegar prisão perpétua. Sua equipe ainda não se pronunciou.

Ouça a nova música de Juliah!      
Compartilhar