ABBA
Reprodução / Instagram
Ouça a nova música de Juliah!    

É bom aproveitar bastante essa volta do ABBA, já que ela não vai durar muito tempo.

Em nova entrevista ao The Guardian (via Rolling Stone), Benny Andersson, um dos fundadores do grupo, afirmou que o projeto chegará ao fim definitivamente logo após o lançamento de Voyage.

O disco é o primeiro de inéditas do grupo em 40 anos e chega no dia 5 de novembro. A banda composta por Agnetha, Björn, Benny e Anni-Frid já lançou três singles inéditos neste ano, além de anunciar uma turnê virtual.

Na conversa, Andersson disse:

Depois disso, acabou. Tem que acabar. Eu nunca havia dito que o ABBA não voltaria, mas estou dizendo isso agora.

Björn ainda refletiu sobre o primeiro fim do grupo, em 1981, e como “era fora de moda” gostar de ABBA. “Parecia que [a banda] estava pronta e não haveria mais ninguém falando sobre ela. Estava morta”, o músico continuou.

Andersson completou:

Tínhamos uma empresa, nós quatro juntos. Tudo o que o ABBA ganhou foi para aquela empresa e nós dividimos em quatro partes, não importa quem fez o que. E então, quando falamos: ‘Bem, é isso, vamos fazer outra coisa por um tempo e então podemos voltar talvez em alguns anos e ver se ainda estamos vivos’.

O artista ainda finaliza dizendo que “não esperava” que o grupo fosse voltar. Que bom que voltou, hein?

   
Compartilhar