Mac Miller
Foto: Divulgação
Ouça a nova música de Juliah!    

Um dos homens responsáveis pelo fornecimento das drogas que contribuíram para a morte do saudoso Mac Miller concordou em se declarar culpado da acusação de distribuição de fentanil.

Stephen Andrew Walter é um dos três acusados de envolvimento com o falecimento do rapper, que no dia 7 de Setembro de 2018 foi encontrado morto aos 26 anos de idade após sofrer uma overdose acidental, causada por efeitos tóxicos de “drogas mistas”, incluindo cocaína, álcool e fentanil.

Além de Walter, Cameron James Pettit e Ryan Michael Reavis também foram acusados e detidos sem fiança há mais de dois anos por conexão com o caso.

De acordo com a Vice, documentos judiciais apresentados no tribunal federal no Distrito Central da Califórnia informam que Walter aceitou um acordo judicial na última segunda-feira (25).

O homem deve fazer sua confissão oficial no dia 8 de Novembro e pode pegar no máximo 20 anos de prisão. Como parte do acordo, uma segunda acusação contra Walter de conspiração para distribuir substâncias controladas resultando em morte será dispensada.

Morte de Mac Miller e distribuição de fentanil

Segundo os documentos do tribunal, Mac Miller encomendou 10 comprimidos de oxicodona de Cameron James Pettit, que foi entregue por Ryan Michael Reavis. Este último conseguiu as drogas com Stephen Andrew Walter. O relatório diz:

[Mac Miller] não teria morrido de overdose se não fosse o fentanil contido nas pílulas que [ele] havia recebido de Pettit em 4 de Setembro de 2018.

Ainda de acordo com a Vice, o desdobramento do caso de Miller ocorre no momento em que os Estados Unidos enfrentam uma crise de mortes por drogas sem precedentes.

Em 2020, 93 mil norte-americanos faleceram de overdoses fatais, sendo mais de 60% ligadas ao fentanil.

Outra vítima do fentanil foi o ator Michael K. Williams, que também morreu de overdose da droga misturada com heroína, p-fluorofentanil e cocaína.

Recentemente, a Drug Enforcement Administration emitiu um alerta de segurança pública informando que uma grande quantidade de pílulas falsificadas contendo fentanil estavam sendo disfarçadas para ficarem parecidas com produtos farmacêuticos populares como Xanax, Percocet e Vicodin.

LEIA TAMBÉM: Young Thug revela que parceria com Mac Miller foi gravada um dia antes de sua morte

   
Compartilhar