Moby
Foto via Wikimedia Commons
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

O músico norte-americano Moby tem bastante a dizer sobre o governo Bolsonaro.

O aclamado artista bateu um papo exclusivo com o TMDQA! e, entre diversos assuntos, também falou sobre seu ativismo ambiental. Ferrenho defensor dos direitos animais, Moby citou o Brasil para falar sobre o problema ambiental que o mundo enfrenta:

Eu me lembro da primeira vez em que eu tive um verdadeiro ataque de pânico sobre o estado do meio ambiente. Foi quando eu estava em um avião, voando da Argentina para Londres — ou talvez da Argentina para Nova York, e eu estava passando pelo Brasil, estávamos voando pela Floresta Amazônica, e eu olhei — era bem no meio da noite, eu não conseguia dormir — e parecia que estávamos voando sobre cidades. Sabe? Até onde eu podia ver, só havia cidades.

E aí eu olhei melhor e não eram cidades. Eram incêndios. Basicamente, até onde eu conseguia ver no horizonte, era só incêndio. A Amazônia estava queimando. E aí foi que eu percebi, “Uau, isso é muito pior do que eu pensava”. E isso foi 20 anos atrás, faz bastante tempo. Então a questão… nós estamos falando do clima, estamos falando da destruição do meio ambiente. Quem sabe, nesse ponto, se é sequer possível consertá-lo? Tipo, nós destruímos o equilíbrio. Nós destruímos completamente o equilíbrio.

Moby ainda comentou um artigo que leu dizendo que, pela primeira vez na história, “a Amazônia está produzindo mais gás carbônico do que absorvendo”. Ele completou, citando o atual presidente brasileiro e outros que seguem a mesma linha:

Eu não sei. Não há uma solução fácil, além de fazer com que as pessoas parem de votar em políticos que são tão corruptos quanto [Jair] Bolsonaro, [Donald] Trump, [Recep] Erdogan e [Rodrigo] Duterte, sabe, esses políticos horripilantes e corruptos que não têm qualquer preocupação com a sustentabilidade ambiental. E a outra [solução] é, claro, lembrar as pessoas de que a maior causa disparada de desmatamento é a produção de carne e laticínios.

Claro que a Amazônia está sendo desmatada pela madeira, pela exploração de petróleo, mas o principal é que ela está sendo desmatada para criar gado e para plantar soja e milho que vai ser usado para alimentar o gado. Então, a forma mais fácil de parar com o desmatamento seria se todo mundo no planeta simplesmente parasse de consumir produtos de carne e laticínios.

Moby no TMDQA!

No papo, o artista também falou seu mais recente disco, Reprise, que saiu em maio deste ano. Leia na íntegra clicando aqui.

Ouça a nova música de Juliah!      
Compartilhar