Duran Duran
Divulgação
 

O Duran Duran já passou algumas vezes pelo Brasil e é por isso que coleciona boas histórias do nosso país.

A primeira vez da banda por aqui foi em 1988 e a mais recente em 2017, durante uma passagem que contou com show no Lollapalooza Brasil.

Agora, o grupo se prepara para lançar seu novo disco e, em um papo mega descontraído com o TMDQA!, falou sobre suas lembranças do Brasil. Conversamos com Nick Rhodes, tecladista e membro fundador do Duran Duran, que disse:

Tenho tantas memórias favoritas do Brasil! A primeira vez que fomos ao Brasil, nós subimos para ver a estátua do Cristo [Redentor] e assistimos a um show dali do topo da montanha, e isso foi incrível porque eu nunca tinha visto nada igual. Esse espírito meio carnavalesco — não foi durante o Carnaval, mas o show foi incrível.

Eu também sempre amei as pessoas. É divertido sair para caminhar, andar um pouco pela praia e só ver todo mundo, essa cultura, esse estilo de vida de se divertir. Na última vez, ou na vez anterior, eu me lembro de ter olhado pela minha janela do hotel para a praia e estava rolando essa chuva torrencial! De verdade, absolutamente torrencial. E aí de repente tudo só desapareceu e secou e o Sol estava lá novamente. São esses tipos de coisa, esses pequenos flashes de coisas, de cores. Eu sempre penso no Brasil colorido. Tudo sobre ele, a maravilha do país.

Rhodes ainda completou, relembrando a conexão do grupo com Milton Nascimento:

E, claro, o nosso grande amigo Milton Nascimento, com quem nós trabalhamos [em “Breath After Breath”]. Eu me lembro disso com muito carinho!

Duran Duran no TMDQA!

O papo ainda teve uma série de outros assuntos incríveis, incluindo o novo disco da banda, FUTURE PAST, que chega no dia 22 de Outubro.

Leia na íntegra clicando aqui.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar