Serj Tankian e Chris Cornell
Fotos via Reprodução/YouTube e Wikimedia Commons
 

O triste e precoce falecimento de Chris Cornell afetou muita gente ao redor do mundo, e claro que alguns astros da música, como Serj Tankian, também sentiram o baque após a morte do vocalista de Soundgarden Audioslave.

Em 2017, o saudoso cantor recebeu o inaugural “Promise Award” do Human Rights Award (Premiação dos Direitos Humanos), em celebração pelo seu trabalho no filme A Promessa, primeira grande produção de Hollywood a falar sobre o Genocídio Armênio.

Sempre bastante conectado às suas raízes armênias, o frontman do System of a Down foi convidado para fazer um discurso e emocionou os presentes:

Estamos aqui esta noite para honrar um ser humano com compaixão, justo e gentil que eu tive o grande prazer de chamar de amigo, Chris Cornell. Mas antes de conhecer o Chris como amigo, eu conheci o Chris como fã, como a maioria de vocês. Eu sempre fui um grande fã de sua música, da sua banda, o Soundgarden, e da sua voz. Sua voz sempre foi sincera, atenciosa e real.

É difícil conseguir mentir através da arte. Ele como pessoa sempre foi sincero, atencioso e real. […] Chris não só concedeu a faixa-tema de ‘A Promessa’, o seu espírito estava interligado com o filme e sua firme mão guia foi sentida por todos com quem falou sobre o filme.

O Chris se identificou com a tragédia armênia porque ele percebeu que a família grega de sua esposa havia sofrido um destino parecido nos últimos dias do Império Otomano. E ele também percebeu que o sofrimento de todas aquelas pessoas era universal e ainda presente no mundo atualmente.

A fala de Tankian segue, passando sobre uma verdadeira aula sobre a “doença” que é o genocídio e também pela decisão de Cornell de doar todos os lucros provenientes da faixa. Você pode assistir na íntegra pelo vídeo abaixo, com legendas em português.

Serj Tankian

   
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.