Vitor Fadul
 

Vitor Fadul está lançando seu primeiro single e o faz em grande estilo.

Nascido no município paulista de Itanhaém e envolvido com a música desde os 5 anos de idade, ele resolveu transformar preconceitos e experiências em uma nova música repleta de traços do pop chamada “Freshness”, já disponível nas plataformas digitais.

Ao falar sobre a canção, Vitor explica que após interpretar sucessos de outros artistas, resolveu que era hora de se lançar ao mundo através de composições próprias, e durante 10 anos desenvolveu um projeto chamado Panapaná, inspirado na palavra usada para designar um coletivo de borboletas.

Saí um tempo das redes sociais e, metaforicamente, fiquei dentro de um casulo. Agora quero mostrar a todos que, numa mesma existência, você pode ser aquele que rasteja e, ao buscar a evolução, passa a ser o que voa.

Vitor Fadul e “Freshness”

A causa é pra lá de nobre: todo artista em qualquer estágio de carreira com certeza já ouviu a tradicional (e horripilante) pergunta sobre quando “iria arranjar um emprego de verdade”.

Foi aí que Fadul encontrou inspiração para sua obra:

Por muito tempo ouvi que tinha que arrumar um emprego de verdade, que focar em ser artista era frescura. Então, busquei o real entendimento da palavra, que é a sensação de frescor na pele, ou seja, é algo bom. Assim, entendi que se perdesse a frescura, perderia o sentido bom da minha vida.

E foi assim que o músico que viu seu pai cantar em uma igreja do bairro simples onde morava deu o pontapé inicial no projeto Panapaná, como você pode ouvir na playlist TMDQA! Beats do Spotify ou, claro, conferir no clipe ao final da matéria.

História de Vida

Mesmo sem entender, Vitor Fadul imitava artistas internacionais colando o ouvido na caixa de som e anotando o que conseguia captar das canções.

Seguiu assim até os 15 anos, quando o pai insistiu para que ele fosse a um famoso show de talentos na TV, e o músico recorda:

Sempre ouvi que só fazia aula de canto quem não tinha talento, mas eu não tinha coragem de me expor em rede nacional sem qualquer conhecimento técnico. Bati o pé que só iria se um professor de canto dissesse que eu tinha chance.

Como o curso extrapolava o orçamento da família, ele conseguiu que um professor de um conservatório de música local desse aulas por um preço mais em conta em plena cozinha da própria casa.

Fadul então percebeu que precisava estudar muito para seguir seu sonho e desistiu do programa de TV:

Fiquei abalado. Principalmente porque, na época, vi uma apresentação do Adam Lambert no AMA e acreditei que conseguiria cantar como ele, mas vi que seria quase impossível. Não desisti porque uma pessoa me ouviu lamentando e disse ‘Você já tentou? Tente, estude’. E foi o que fiz.

Antes da música, ele ainda mergulhou no mundo do teatro e tudo isso só vem somando forças para que a estreia aconteça em grande estilo.

Dê o play logo abaixo e divirta-se!

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar