PRK
Foto por Hannah Carvalho
 

Para muito além da capital, a música em Pernambuco reverbera do litoral ao sertão com talentos na música jovem que muitas vezes não possuem oportunidades de divulgar bem seu trabalho. Sabendo disso e tendo seu palco como vitrine, desde 2015 o festival No Ar Coquetel Molotov cuida de olhar também para bandas e artistas que estão em cidades do interior do estado.

Em cinco edições especiais na cidade de Belo Jardim, situada a 183 km do Recife, o Coquetel Molotov tem concentrado sua programação em talentos da área. Já passaram pelo palco do festival na região do Agreste pernambucano bandas e artistas de diferentes estilos como Nix la Marge (Arcoverde), Mago Trio (Belo Jardim), Ciel Santos (Bezerros), Jéssica Caitano (Triunfo), Luiz Lins (Nazaré da Mata), Agda (Santa Cruz do Capibaribe), Rasga Mortalha (Caruaru), Jurandex (Belo Jardim), A dOBRA (Serra Talhada), Gabi da Pele Preta (Caruaru), Pierre Tenório (Belo Jardim), Radiola Serra Alta (Triunfo), Nunes (Santa Cruz do Capibaribe), Os Aquamans (Surubim), PRK (Belo Jardim), Rogéria Dera (Caruaru) e Virgulados (Belo Jardim).

“Se trata de um dos festivais mais importantes do Estado, que avança da capital para o interior, movimento que nossa música também deve fazer”, ressalta a cantora Gabi da Pele Preta, que foi uma das atrações do Coquetel Molotov em Belo Jardim em sua terceira edição em 2017. De acordo com Jarmeson de Lima, um dos organizadores do festival, além de revelar artistas, a função do Coquetel Molotov em Belo Jardim é o de “também criar um intercâmbio musical levando atrações que nunca puderam tocar na cidade, a exemplo de Lia de Itamaracá, Boogarins, Romero Ferro e Academia da Berlinda“.

Esta diversidade é possível através das convocatórias que o festival abre a cada ano para inscrições de artistas que sejam exclusivamente da zona da mata, agreste e sertão pernambucano. Recebendo em média mais de 200 inscritos por edição, a tarefa da curadoria do Coquetel Molotov é difícil mas igualmente recompensadora quando leva aos seus palcos atrações que estão prontas para despontar.

“O festival é uma grande vitrine para bons músicos. O Coquetel Molotov sempre escolheu bem e é um sonho pra um artista de uma cidade pequena, onde as pessoas não tem muita perspectiva, tocar num palco de peso e trabalhar com uma equipe ideal”, elogia Luiz Lins, cantor que se apresentou em 2019, ano em que o festival teve 90% de atrações do interior de Pernambuco na etapa de Belo Jardim.

Mostra Play The Movie

“Entender a potência do Coquetel Molotov é um preceito para crer que estamos contribuindo para o manifesto da música em construir juntes, rotas alternativas de melhoramento de condições de trabalho e gerenciamento de subsídios para continuarmos no ofício da música”, refletem os integrantes do grupo Abaixo de Deus e a Força dus Encantadus da cidade de Brejão. Juntamente com PRK, Mago Trio e a cantora Una, as quatro atrações realizam cine-concertos na edição deste ano da Mostra Play The Movie, evento realizado pelo Coquetel Molotov e que é ligado à área do audiovisual.

A Terra de Músicos, como é chamada Belo Jardim, não tem este nome à toa. Além de sediar as edições do Coquetel Molotov no Parque do Bambu há seis anos, também fornece atrações que tocam no lineup do evento e que formam uma “brodagem” na cena local. “Por se tratar de um Festival o qual sempre apreciei e por estar acontecendo na minha cidade, expor o trabalho para o pessoal daqui foi incrível”, conta o cantor Pierre Tenório.

Em 2017, no show que realizou pela primeira vez em um palco profissional, Pierre convidou outras atrações locais para participar de sua apresentação, fato que depois se repetiu nos anos seguintes com o rapper Jurandex retribuindo o favor em 2018. “O Coquetel Molotov é uma referência em festivais e contempla nossa cidade com ações artísticas e educativas. Participei do evento e foi um grande salto para expandir meu trabalho no meio musical”, celebra o rapper.

Apoio – As ações do Coquetel Molotov e a realização da Mostra Play The Movie são possíveis em Belo Jardim por conta do incentivo do Instituto Conceição Moura, uma organização privada, sem fins lucrativos, concebida e mantida pelas Baterias Moura. Sua atuação se dá pela promoção da Transformação Social por meio da Arte & Cultura, Educação e Meio Ambiente na cidade onde é sediada. Anualmente, 30 mil pessoas são beneficiadas pelas ações e projetos do Instituto, cujo nome é uma homenagem à empreendedora e cofundadora do Grupo Moura, Conceição Moura.

Programação Mostra Play The Movie e Playlist Oficial

14ª MOSTRA PLAY THE MOVIE
29 de setembro a 03 de outubro de 2021
Mais informações: www.coquetelmolotov.com.br
Acesso gratuito

Quarta – 29/09 – 14h
Oficina de Produção Musical Eletrônica: Narrativa de Timbres
Com João Meirelles
ONLINE

Quarta – 29/09 – 19h
Mesa de debates “Insurgências possíveis no audiovisual do Brasil em 2021”
Mediação: Luciana Veras
Participação: Sabrina Fidalgo, Julia Katharine
ONLINE

Quarta – 29/09 – 20h30 (Online)
Tema “Corpo Território”
Clipes: Uana e Ciel Santos
Curtas: “Corpo-Capital” (Dir: Domingos Júnior, PE), “Planta Baixa” (Dir: Clara Martins Hermeto, SP), “O Galo Desperta Perdonami Giotto” (Dir: Desirée Hirtenkauf, RS), “Sankofa” (Dir: Dalila Costa, PA) e “Cozinheiras de Terreiro” (Dir: Tauana Uchôa, PE)
Classificação Indicativa: Livre

Quinta – 30/09 – 09h
Oficina Viabilizando Sonhos Culturais (Elaboração de Projetos)
Com Eliz Galvão
PRESENCIAL (em Belo Jardim)

Quinta – 30/09 – 14h
Oficina de Videoclipe DIY (Faça-Você-Mesmo)
Com Heleno Florentino
PRESENCIAL (em Belo Jardim)

Quinta – 30/09 – 20h30  (Online)
Tema “O Silêncio do Som”
Clipes: Siba Carvalho e Ororo
Curtas: “Tatuagem” (Dir: Amanda Hecht, RJ), “Retrato falado de ‘Obscuro'” (Dir: Humberto Schumacher e Maithan Knabach, RS), “Manifesto O Palco é a Rua – A Música nos Espaços Populares” (Dir: Laura Sousa e Guilherme Patriota, PE), “Amarelo Cárcere” (Dir: Pedro Mendes, RS) e “Fundo Sem Poço” (Dir: Maria Alice Oliveira, PR)
Classificação Indicativa: Livre

Sexta – 01/10 – 09h
Oficina Viabilizando Sonhos Culturais (Elaboração de Projetos)
Com Eliz Galvão
PRESENCIAL (em Belo Jardim)

Sexta – 01/10 – 14h
Oficina de Videoclipe DIY (Faça-Você-Mesmo)
Com Heleno Florentino
PRESENCIAL (em Belo Jardim)

Sexta – 01/10 – 20h30  (Online)
Tema “Entre o Senso e o Som”
Clipes: Hórus e Mun-Há
Curtas “Pindorama, Terra das Palmeiras” (Dir: Zahra Alencar, SP), “Não Me Chame Assim” (Dir: Diego Migliorini, SP), “Movimentos Distantes” (Dir: Alcimar Verissimo, PE), “Sangue Selvagem” (Dir: DJ Suculenta, PE) e “Tentativas de Visualizar o que não é Verbalizado” (Dir: Ythalla Maraysa, PE)
Classificação Indicativa: 14 Anos

Sábado – 02/10 – 15h
Masterclass
Com Getúlio Abelha
ONLINE

Sábado – 02/10 –  18h (Presencial)
Sessão de clipes e Cine-Concertos da Mostra Play The Movie 2021 (Praça da Moura – Belo Jardim)
Clipes de Uana, Ciel Santos, Siba Carvalho, Ororo, Hórus e Mun-Há

Domingo – 03/10 – 18h (Online)
Sessão de Cine-Concertos
Apresentações com Abaixo de Deus e a Força dus Encantadus (Brejão), Mago Trio (Belo Jardim), PRK (Belo Jardim) e Una (Recife)

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.