Jimi Hendrix
Foto: Wikimedia Commons
 

O violinista Nigel Kennedy cancelou sua participação em um concerto no histórico Royal Albert Hall alegando que foi impedido de realizar uma homenagem ao lendário Jimi Hendrix.

O músico estava previsto para se apresentar nesta quarta-feira (22) em um evento organizado por uma estação de rádio do Reino Unido, a Classic FM.

Em sua performance ele pretendia tocar em parceria com a Chineke! (uma orquestra de jovens músicos negros e etnicamente diversos) uma versão do clássico “Little Wing”, de Hendrix, porém a rádio fez outra proposta a Kennedy.

Indicando que o aclamado guitarrista e cantor “não era adequado” para seu público, a estação que agora foi apelidada pelo violinista de “Jurassic FM”, pediu que o músico tocasse “The Four Seasons”, do compositor italiano Antonio Vivaldi.

Em resposta ao The Guardian sobre a decisão da rádio, Kennedy disse que sentiu que não tinha outra escolha a não ser se retirar do concerto. Ele explicou:

Isso é segregação musical. Se fosse aplicado a pessoas, seria ilegal. Se esse tipo de mentalidade é galopante nas artes, então ainda não resolvemos o problema do preconceito. Isso é muito mais sério do que minhas penas estarem um pouco bagunçadas. O preconceito na música é completamente terrível.

Eles estão efetivamente dizendo que Hendrix é ok no Marquee Club, mas não no Albert Hall.

Admiração de Nigel Kennedy por Jimi Hendrix

Apesar do violinista, o mais bem sucedido comercialmente no mundo, ser reconhecido principalmente por sua gravação de 1989 das “Quatro Estações” de Vivaldi, ele nunca escondeu sua forte admiração por Hendrix.

Em 1999, o músico lançou o álbum The Kennedy Experience, que inclui interpretações de grandes sucessos do guitarrista como “Purple Haze”, “Third Stone from the Sun” e também “Little Wing”, como você pode ouvir ao final da matéria.

Ao portal, o artista apontou que parte de sua fama surgiu por seu estilo musical sem preconceitos e a decisão da Classic FM atingiu seu limite. Ele disse:

Toda a minha carreira tem sido sobre como derrubar barreiras. [Hendrix é] um dos compositores mais importantes do século 20, junto com Stravinsky e Duke Ellington. Ele reuniu todos os tipos de música e quebrou barreiras. Antes de morrer [em 1970], ele estava falando sobre levar sua música para uma área mais sinfônica. Eu sinto uma grande afinidade com sua música.

‘Little Wing’ pertenceu muito mais a um concerto de música clássica do que ao meu ‘Quatro Estações’, onde provavelmente vou arrastar um violino elétrico ou começar uma improvisação massiva em grupo.

O músico revelou que bateu o martelo sobre cancelar sua participação no concerto após ser informado de que não teria tempo de ensaio adequado e que a estação de rádio gostaria que ele apresentasse “As Quatro Estações” junto com um maestro.

O fundador da orquestra Chineke!, Chi-chi Nwankoku, preferiu se distanciar da polêmica envolvendo a opção de Nigel Kennedy e a decisão da Classic FM. Ele disse:

Não tivemos nada a ver com a saída de Nigel disso. Não depende de nós o que tocamos no show Classic FM. Foi decidido pela Classic FM, que corretamente insiste que o repertório tocado em seu concerto anual no Royal Albert Hall seja familiar para seus ouvintes fiéis. Eles não queriam Jimi Hendrix na Classic FM. Nenhuma culpa deve ser colocada aos nossos pés.

Estávamos tão ansiosos para fazer o show com Nigel e concordamos com seu pedido de não ter um regente para ‘The Four Seasons’ e um ensaio extra. Estamos orgulhosos de nossas colaborações com outros gêneros, incluindo Carl Craig e Stormzy.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.