Bring Me the Horizon
Divulgação
 

O Bring Me The Horizon ganhou uma resenha empolgada sobre sua volta aos palcos no Reino Unido.

O aclamado jornal britânico The Guardian, que esteve na apresentação que aconteceu nesta segunda-feira (20), em Kingston Upon Hull, cravou a banda liderada por Oli Sykes como o “maior grupo de Rock do Reino Unido neste momento”. Baita título, hein?

Repleto de elogios, o veículo celebrou a grandiosidade do shows nesta volta “pós-pandemia”, destacando as luzes, os vocais de Sykes, os dançarinos e o setlist diverso. Ao fim, o Guardian ainda declarou:

A ascensão constante e segura do Bring Me the Horizon aponta para mais longos anos nos maiores escalões do Rock. Mesmo depois de oito discos lançados, a banda tem uma idade média de apenas 34 anos. E considerando que [o guitarrista Lee] Malia disse a este jornal em 2013 que eles ‘nunca iriam esgotar arenas’, essas expectativas precisam ser revistas. Certamente os estádios não estão além das possibilidades.

O Bring Me the Horizon é a principal banda de Rock do país, e a verdade é que isso já faz algum tempo.

Reações

No Twitter, porém, a resposta não foi totalmente positiva à manchete.

Nas replies ao tweet do jornal, alguns chamaram a banda de “horrível”, enquanto outros afirmaram: “vocês não devem estar ouvindo muitas bandas ultimamente”.

Já os fãs do The Wildhearts levaram a declaração ao coração, já que se reuniram para afirmar que o grupo é, na verdade, o merecedor do título.

Será?

LEIA TAMBÉM: Bring Me The Horizon lança clipe sangrento para a nova “DiE4u”; assista

   
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.