Phil Collins
 

O icônico Phil Collins falou abertamente sobre suas limitações físicas que dificultam algumas de suas ações no palco.

Em entrevista à BBC, que foi exibida nesta quinta-feira (9), o baterista e cantor comentou que estava frustrado com os desafios que enfrentou após ser submetido a uma cirurgia nas costas em 2009 e novamente em 2015, que chegou a afetar seus nervos. Além disso, ele ainda foi diagnosticado com diabetes.

Enquanto promovia a turnê de retorno do Genesis, lendária banda de rock progressivo dos anos 1970, na entrevista com a emissora britânica, Collins declarou (via The Guardian):

Tenho um pouco de dificuldade física, o que é muito frustrante porque adoraria tocar lá no palco. […] Eu mal consigo segurar uma baqueta com esta mão, então há certas coisas físicas que atrapalham.

Apesar das condições de sua saúde, o músico de 70 anos de idade irá se apresentar junto com o Genesis assumindo os vocais enquanto seu filho, Nic Collins, ficará na bateria.

Phil acredita, inclusive, que a turnê pode se tornar seu evento de despedida dos palcos. Ele disse:

Somos todos homens de idade e acho que, até certo ponto, isso provavelmente é uma despedida. Acho que, pelo menos no meu caso, não sei se quero mais sair para a estrada.

Phil Collins

Além da aclamada jornada com o Genesis, Collins teve uma carreira solo de sucesso nas décadas de 1980 e 1990 com músicas como “In The Air Tonight”, “Sussudio” e “One More Night”.

O músico anunciou sua aposentadoria em 2011, mas retornou aos palcos em 2017 para uma série de shows intitulada Not Dead Yet.

De acordo com o site oficial do Genesis, a banda realizará seu primeiro show da turnê no dia 20 de Setembro em Birmingham, na Inglaterra.

 
Compartilhar