Jonathan Richman, do Modern Lovers
Foto via Wikimedia Commons
 

Jonathan Richman, ex-líder do Modern Lovers, entrou em uma situação complicada sem nem saber que ela estava acontecendo.

Um homem se passando pela lenda do Punk e do Indie acabou assinando contrato com o festival LoveOly Summerfest, em Washington, nos Estados Unidos. O evento o confirmou no line-up para o último final de semana e, horas antes do show acontecer, ficou sabendo que sofreu um golpe. A informação é da Stereogum.

Na sexta-feira, dia 27, um DJ da rádio KAOS entrou em contato com o agente de Richman para marcar uma entrevista sobre sua apresentação. Foi aí que, ao telefone, descobriu que a equipe do músico não sabia de absolutamente nada sobre essa performance.

Em um comunicado à imprensa, a diretora executiva Audrey Henley da Olympia Film Society, responsável pelo festival, disse:

Estamos chocados que isso tenha acontecido. Fechamos com bandas nos últimos 30 anos e esta é a primeira vez que isso nos acontece. Esperamos que isso não prejudique de forma alguma o nosso relacionamento com o verdadeiro Jonathan Richman e que ele volte a Olympia em breve.

Jonathan Richman se pronuncia

No mesmo comunicado, o cantor declarou:

Olá pessoal! Aqui é o verdadeiro Jonathan Richman! Acabei de saber sobre seu maravilhoso festival e parece um lugar ideal para tocar algum dia. Sem qualquer ressentimento da minha parte e não há necessidade de desculpas das pessoas maravilhosas da OFS, que convidaram a mim e ao Tommy para tocar aí tantas vezes.

O cara que ligou para vocês conseguiu imitar minha voz muito bem? Porque se ele o fez, você tem que reconhecer isso, a maioria das pessoas não consegue! Mas falando sério agora, por apenas um segundo, estou triste por quaisquer decepções e despesas causadas à Film Society e ao bom povo de Olympia. Claro que voltarei para tocar aí!

A banda Oh, Rose, que abriria o show, acabou sendo a atração principal. Até o momento, a polícia ainda está investigando o caso. Que situação!