Lars Ulrich, do Metallica, e Steve Harris, do Iron Maiden
Fotos via Wikimedia Commons
 

Quando se fala em Heavy Metal, é bem provável que os dois primeiros nomes que vêm à mente sejam os de Iron Maiden Metallica.

Acontece que os britânicos surgiram primeiro e, em uma entrevista gravada para um documentário, o baterista Lars Ulrich relembrou o fato de que os norte-americanos eram grandes fãs do Maiden e os dois grupos lendários tiveram um encontro bastante curioso enquanto o Metallica ainda era um embrião, inclusive com Ron McGovney no baixo:

Sabe, nós estávamos sentados e pensamos, literalmente, ‘Vamos procurar o Iron Maiden’. Então nós entramos no nosso carro — o carro do Ron [McGovney], acho que ele tinha um Impala ou algo do tipo. Eu, o [James] Hetfield e o McGovney entramos no carro e dirigimos até Hollywood! E a gente literalmente — eu juro pra você, nós estávamos dirigindo pela Sunset Boulevard e do nada, quando olhamos, vimos 3 membros do Iron Maiden andando pela Sunset Boulevard. É verdade!

Ele estavam no hotel Sunset Marquis, e estavam andando para o Rainbow [casa de shows], fazendo a ‘peregrinação’. Foi tipo… Você chega em LA, você fica no Sunset Marquis, aquele lugar lendário, e faz a peregrinação até o Rainbow.

Em seguida, Lars seguiu falando sobre como ele próprio já havia conhecido os caras do Iron em uma passagem pela Dinamarca — país das raízes de Ulrich — e como deu uma leve “aumentada” na história para impressionar os colegas que, obviamente, virou um problema eventualmente:

Eu acho que eu conheci alguns deles no camarim, quando tocaram o último show da turnê ‘Killers’ com o [Paul] Di’Anno, em Copenhagen, quando eu estava de volta por lá em Setembro de 1981.

E eu acho que eu estava dizendo tanto ao Hetfield quanto ao McGovney no carro… [risos] ‘Eu conheço os caras do Iron Maiden, somos bons amigos!’. E eu havia encontrado com eles por, tipo, 3 minutos no camarim em Copenhagen quando estavam bebendo cerveja e no processo de se separar do Di’Anno. ‘Eles são bons amigos meus, vamos encontrá-los e daremos um rolê!’ [risos]

E claro, enquanto estávamos passando de carro, eu só congelei pra caralho. E eles só meio que deram uma olhada para ver se tinha umas gatinhas no carro. Aí eles continuaram andando e nós continuamos dirigindo. E esse foi o fim do encontro com o Iron Maiden. [risos]

Você pode conferir essa história engraçada nas palavras de Lars, e com legendas em português, pelo vídeo abaixo!

Lars Ulrich e o primeiro encontro de Iron Maiden e Metallica