Viridiana explora o desejo no clipe de seu novo single; veja “3X4”
Foto: Ana Beatriz Vieira / Divulgação
 

O desejo na era das paixões virtuais desenvolvidas à distância. Esse é o tema de “3X4”, novo single de Viridiana.

O clipe, dirigido por Juliana Franarin, traz a artista buscando a sua imagem em múltiplas versões de si mesma em meio a várias telas.

A cantora explica que a canção surgiu enquanto ela pensava em como construímos as nossas próprias imagens e narrativas:

Penso nesse lugar que ocupo como pessoa trans, de ter em meu corpo muitos gatilhos, muitas vivências que não quero mostrar, que quero deixar só pra mim. Ainda mais nesse pique de redes sociais e de se auto-vender, é muito nítido como a construção dessa imagem virtual acaba sendo terapêutica, e não só parte do meu trabalho. É como imaginar alguém que eu poderia ser, e viver naquilo ali enquanto navego, interajo, curto e compartilho. Por isso pensei nessa ‘rainha da câmera frontal’, como aquela pessoa que domina isso, que consegue se colocar nos pedestais mais altos e mais lindos e faz todo mundo acreditar, mas no fundo ela sabe que aquilo é tudo fake, tudo em pixels.

Viridiana é o projeto artístico de Bê Smidt, multiartista trans não-binária de Porto Alegre. A faixa faz parte do álbum Transfusão, trabalho no qual busca referências do fim da década de 70 e início de 80, mas sempre com a intenção de decodificá-las e transformá-las em algo contemporâneo.

 
Compartilhar