Dave Grohl no funeral de Lemmy Kilmister
Reprodução/YouTube
 

Em 2021, completam-se cinco anos da morte de Lemmy Kilmister, icônico líder do Motörhead. O músico nos deixou no final de dezembro de 2015, aos 70 anos de idade, após uma curta batalha contra um câncer de próstata.

Seu funeral aconteceu logo nos primeiros dias de janeiro do ano seguinte, e um dos convidados que discursaram na cerimônia foi Dave Grohl, líder do Foo Fighters. Grohl e Kilmister foram grandes amigos, unidos pela música.

Por lá, Grohl compartilhou uma série de histórias hilárias e muito bonitas sobre Lemmy. Em uma delas, ele contou sobre como um dia Kilmister encontrou o baterista ao lado da filha, que estava em um berço, e imediatamente apagou seu charuto dentro da bebida que estava carregando. Para o líder do Foo Fighters, um sinal máximo de respeito de quem ele considerava seu herói.

O músico ainda continuou dizendo que Lemmy foi um exemplo por ser, além de um cara “fodão” e cheio de atitude, um dos caras mais gentis e agradáveis de todos os tempos, que tratava todo mundo muito bem, tanto seus amigos quanto pessoas desconhecidas, e deu início ao encerramento da cerimônia dizendo que compartilhava com Kilmister um amor por Little Richard.

Após dizer que ele sempre quis muito conhecer um dos pioneiros do rock and roll, Dave contou uma história de quando isso efetivamente aconteceu um dia no aeroporto de Los Angeles; na ocasião, ele recebeu um panfleto autografado pelo Richard. Grohl tirou o panfleto do bolso — que ele gostaria de ter dado a Lemmy — e se emocionou.

Ao final, um brinde a Lemmy veio antes de seu baixo ser trazido ao palco e colocado em frente aos amplificadores, para que a última nota ecoasse por toda a igreja, enquanto a frase “Lemmy has left the building” foi dita.

Veja o discurso completo abaixo e se prepare para ficar emocionado.

Dave Grohl no funeral de Lemmy Kilmister

 
Compartilhar