Nirvana - Nevermind
 

É, por essa nem ninguém esperava (muito menos o Nirvana).

Spencer Elden, garoto que estampa a capa do clássico disco Nevermind (1991), está processando o lendário grupo grunge alegando “pornografia infantil”.

De acordo com o site El País, o advogado do cara, que obviamente hoje não é mais um bebê e tem 30 anos de idade, afirmou que a nota de dólar estampada ao lado do bebê na capa representa que ele seria um “trabalhador sexual”.

No processo, os representantes de Spencer alegam:

Os acusados promoveram pornografia infantil de Spencer intencionalmente e de forma comercial, e fizeram uso da impactante natureza da imagem dele para divulgarem a si mesmos e à sua música à custa de Spencer.

Eles ainda afirmam que por ter apenas 4 meses de idade à época, Elden não poderia aprovar o uso da imagem, e seus responsáveis também não teriam aprovado.

Outro argumento é de que a banda teria prometido cobrir seu pênis com uma tarja preta na arte da capa, mas isso nunca aconteceu.

“Bebê” Processa o Nirvana

Vale lembrar que no passado, Elden já mostrou sentimentos ambíguos em relação à sua aparição na capa de um dos maiores discos da história.

Apesar de falar que era interessante fazer parte da história e inclusive tê-la reproduzido aos 25 anos de idade, ele diz que passou longos anos sendo motivo de piadas por aparecer nu em uma imagem tão popular.

Agora, quer uma indenização para “reparar os danos que sofreu e continuará sofrendo durante toda a vida”, e segundo o TMZ, está pedindo pelo menos 150 mil dólares (cerca de 750 mil reais) de cada uma das partes citadas.

Estão sendo processados Dave Grohl e Krist Novoselic, colegas de Kurt Cobain no Nirvana à época do lançamento de Nevermind, além dos responsáveis pela herança de Cobain. Segundo o El País, o baterista Chad Channing, que nem estava mais na banda, também é apontado como “possível réu”.

E aí, concorda?

Vale lembrar que no próximo dia 24 de Setembro o álbum completa exatos 30 anos de lançamento. Que timing, hein?

LEIA TAMBÉM: diretor de arte nos leva por viagem incrível dentro do processo de criação da capa de “Nevermind”

 
Compartilhar