Aerosmith - São Paulo Trip
Foto: Ricardo Matsukawa / Mercury Concerts
 

A Universal Music Group anunciou ontem (23) um acordo e aliança global com o Aerosmith, o que a torna detentora de todo o catálogo da banda.

Nesse sentido, o mais importante para os fãs é o acesso da companhia ao que é chamado de “Vindaloo Vaults” — os arquivos pessoais de Steven Tyler, Joe Perry, Tom Hamilton, Joey Kramer Brad Whitford.

Nos termos do negócio, a UMG também passa a ter o controle dos projetos musicais futuros e do merchandising do grupo, além de fazer a curadoria para lançar gravações inéditas, fotos raras, registros de vídeo, peças de arte, jornais, setlists e outros colecionáveis.

A gigante da indústria do entretenimento ainda vai trabalhar com o Aerosmith para desenvolver um novo filme, assim como projetos para televisão e outras mídias. Cofundador e guitarrista principal, Joe Perry disse (via Consequence):

Tem sido uma longa jornada, mas estou extremamente feliz e orgulhoso por dizer em nome do Aerosmith que nós conseguimos reunir nossos 50 anos de música sob apenas um teto ao nos tornarmos parceiros da UMG.

Ele continuou:

Isso permite que a gente leve nossa música até os fãs de formas que nunca foram possíveis antes. É algo que a gente sempre sonhou durante muito tempo. É uma vitória para o Aerosmith, UMG e também para os nosso fãs. Nem é preciso dizer que estamos muito animados. É uma maneira incrível de celebrar os 50 anos e os tantos outros que estão por vir.

50 anos de carreira do Aerosmith

Tecnicamente, o Aerosmith completou meio século de existência em 2020 mas, por conta da pandemia, os planos do grupo foram adiados e as comemorações agora serão discutidas com a UMG.

Aguardamos mais detalhes!

LEIA TAMBÉM: “Banda tóxica”: Sammy Hagar revela ter recusado convite para entrar no Aerosmith

 
Compartilhar